Kalil diz que Zema tentou aliança com Lula: ‘Foi se ajoelhar no pé’

Pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil (PSD)...

Varíola dos macacos: pouco letal, mas merece atenção, diz especialista

Com a primeira confirmação nesta quarta-feira (29/6), Minas Gerais...

Jovens vendem nudes na internet para arrecadar dinheiro para exército ucraniano

Um grupo de jovens arrumou um jeito que poder...

Travis Barker, do Blink-182, é internado às pressas; filha pede orações

O músico Travis Barker, baterista do Blink-182, foi hospitalizado...

114 anos da Imigração Japonesa no Brasil

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O dia 18 de junho é motivo de celebração para japoneses e brasileiros. A data marca o Dia da Imigração Japonesa no Brasil. Há 114 anos o país começava a receber imigrantes para trabalhar nas lavouras de café, no estado de São Paulo.ebcebc

De lá para cá, a comunidade nipônica só cresceu. Dados da Embaixada do Japão no Brasil estimam que aproximadamente 2 milhões de japoneses e descendentes, a maior população de origem japonesa fora do Japão, vivam no Brasil.

Como não poderia ser diferente, a influência da cultura nipônica no país é significativa e está presente nas mais diversas áreas, dos saberes e tradições à gastronomia.

O especialista em TI, Roberto Makoto Shimizu, que atualmente reside no Japão, relembra algumas dessas contribuições de seus antepassados, principalmente para a agricultura.

O antropólogo e cientista político Antônio Flávio Testa cita outras contribuições importantes como nas artes marciais, que ajudou o país a se transformar em uma potencia em várias modalidades, com esportistas campeões no Judo e Karatê. Testa destaca que houve uma troca na interação entre os dois países.

A cidade de São Paulo é a que conta com a maior comunidade japonesa do Brasil. O bairro da Liberdade tem toda a atmosfera do Japão, com fachadas escritas com ideogramas e a arquitetura tradicionalmente oriental.

Mas há outras cidades no país também marcadas pela cultura e conhecimento trazidos por esses imigrantes, como Assaí, no Paraná , Ivoti, no Rio Grande do Sul, e Tomé-Açu, no Pará.  

De acordo com o Censo do IBGE de 2010 os japoneses representavam 11,4% do total de estrangeiros que moravam no país.

*Com produção de Daniel Lima

Cultura Maior população de origem japonesa fora do Japão vive no Brasil Rio de Janeiro SP recebe mostra fotográfica sobre imigração de venezuelanos ao Brasil MEC vai formar professores para acolher alunos imigrantes e refugiados MEC vai formar professores para acolher alunos imigrantes e refugiados 18/06/2022 – 15:41 Rimack Souto / Edição web Patrícia Serrão Fabiana Sampaio* – Repórter da Rádio Nacional Imigração Japonesa sábado, 18 Junho, 2022 – 15:41 2:51

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com