CCJ do Senado adia votação de PEC para manter mandato de parlamentar ‘embaixador’

A Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania...

Bolsonaro obriga postos a informarem queda no preço dos combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou decreto estabelecendo a...

TCU investiga ”abuso de poder político e econômico” da PEC dos auxílios

Brasília – O Tribunal de Contas da União (TCU)...

Preso estudante que tirou foto íntima de colega e compartilhou no WhatsApp

Um estudante, de 18 anos, de uma escola estadual...

TJ-BA determina suspensão da greve e volta imediata dos professores às aulas em Salvador

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou, nesta sexta-feira (27), a suspensão da greve dos professores em Salvador e o retorno imediato dos profissionais ao desempenho de suas atribuições. De acordo com a Justiça, a greve tem claros indícios de ilegalidade e abusividade.

 

A decisão ainda proíbe que a APLB – Sindicato dos Professores faça bloqueios para impedir o  acesso de servidores às repartições públicas e escolas. 

 

“Observa-se que a greve deflagrada pelo Demandado possui claros indícios de ilegalidade e abusividade, especialmente porque ocasiona enormes prejuízos para os administrados, que se veem privados dos serviços educacionais, além de sofrerem com a falta de alimentação de alunos, através do fornecimento de merenda escolar, dentre outras dificuldades enfrentadas pelos discentes e seus familiares, em virtude do não cumprimento do calendário letivo”, diz um trecho da decisão.

 

A Justiça determinou também que a APLB se abstenha de praticar qualquer outro ato capaz de prejudicar o funcionamento, ainda que parcial, dos serviços públicos em questão, no prazo máximo de 24 horas. A multa em caso de descumprimento é de R$ 20 mil por dia. 

 

A prefeitura afirma que tem mantido diálogo permanente com a categoria e construiu, em mesa de negociação, uma proposta de majoração salarial correspondente a 11,37% de reajuste. O percentual, entretanto, não foi o suficiente para impedir que a APLB declarasse greve.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Uauá: Posse de vereadores é adiada em meio à manobra e decisão judicial

Quatro vereadores de Uauá, no Sertão do São Francisco, que seriam empossados nesta quarta-feira (6) ficaram sem receber o aval da Câmara. A...

Tributo em Pauta: Vale realizar Acordo de Não Persecução Penal em crimes tributários?

  Fruto do movimento mundial de expansão das vias de consenso no âmbito criminal, o Acordo de Não Persecução Penal (ANPP), acrescido recentemente ao...

Bilionário é condenado por acidente aéreo na Bahia que matou o piloto Tuka Rocha

A juíza Elaine Faria Evaristo, da 20ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo, condenou o empresário José João Abdalla Filho a pagar...