SAJ: Foragido por roubos é preso após ser flagrado pelo Reconhecimento Facial

Um acusado de roubos em Santo Antônio de...

Copa 2 de Julho chega as oitavas de final nesta quinta-feira

A Copa 2 de Julho chega às oitavas...

TJ-BA derruba liminar e determina retomada de licitação de ampliação da Ceasa

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia...

Brunna desabafa após ida de Ludmilla para a Europa e cobrança de fãs

Esposa de Ludmilla, Brunna Gonçalves se pronunciou sobre a...

Serra do Curral: artistas entregam manifesto a presidente da ALMG

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus (PSD), recebeu na manhã desta segunda-feira (16/5) um manifesto com mais de 700 assinaturas de artistas brasileiros em defesa da Serra do Curral. Além de figuras conhecidas de Minas Gerais, como Milton Nascimento, a lista reúne celebridades como Alessandra Negrini, Bruna Lombardi, Dira Paes, Paulo Betti e Gregório Duvivier.

Segundo o professor e urbanista Roberto Andrés, membro do movimento “Tira o pé da minha Serra”, a defesa da Serra do Curral vai muito além de Minas Gerais. “Tivemos uma reunião muito produtiva. Esse patrimônio não é só do povo mineiro, é de todo o Brasil. Estamos mostrando que o povo brasileiro quer a defesa da Serra. Hoje, expressamos nossa defesa por meio da arte, mostrando que a cultura é muito sensível a isso”, declara.

A deputada Bia Cerqueira (PT) afirma que a ALMG tem dois compromissos a partir dessa reunião: rapidamente votar a PEC para tombamento da Serra e instaurar a CPI a respeito do licenciamento dado à Tamisa. “Esse é um passo importantíssimo na proteção da Serra, que é um patrimônio inestimável não só dos mineiros, mas de todo o país. Há uma série de irregularidades que precisam ter uma investigação por parte do poder legislativo”, avalia.

O cantor e compositor mineiro, Sérgio Pererê, chama a sociedade para participar do debate. “A Serra do Curral não é de alguns, ela é nossa. É uma luta em que todos precisamos estar envolvidos. Já é hora de parar e ver o estrago que está sendo feito”, disse.

Na comitiva, também estiveram presentes as ambientalistas Letícia Camarano, Jeanine Oliveira e Roberto Andrés, as parlamentares Áurea Carolina (PSOL), Duda Salabert (PDT), Bella Gonçalves (PSOL), e Ana Paula Siqueira (Rede) e os representantes da classe artística Marcelo Veronez, Coral, Cida Falabella, Júlia Rocha, Sérgio Pererê, Juliana Flores e Luciana Sérvulo da Cunha. Célia Xakriabá e Makota Cássia também estavam presentes, representando os povos e comunidades tradicionais de Minas.

Além de Agostinho Patrus – que não deu entrevista para dizer que providências vai tomar em relação ao tema –, o abaixo-assinado é endereçado, também, ao governador Romeu Zema (Novo) e à secretária de Estado de Meio Ambiente, Marília Melo. A pasta chefiada por ela é responsável pelo Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), colegiado que deu sinal verde aos planos da Tamisa.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Serra do Curral: comissão internacional faz visita para avaliar riscos

Uma comissão de especialistas vai visitar a Serra do Curral, nesta quinta-feira (7/7), para verificar in-loco as ameaças ambientais e patrimoniais que podem representar...

Preso estudante que tirou foto íntima de colega e compartilhou no WhatsApp

Um estudante, de 18 anos, de uma escola estadual de Montes Claros, no Norte de Minas, foi preso por tirar foto íntima de uma...

Nova Serrana: Hemodiálise depende de testes e alvará sanitário

  Dois anos após a aprovação do projeto arquitetônico, a hemodiálise em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, ainda precisa vencer três etapas. Com...