Prazo para caminhoneiros fazerem autodeclaração para receber benefício começa nesta segunda-feira

O prazo para que transportadores autônomos de carga (TAC)...

Tiririca define candidatura à Câmara e escolhe novo número nas urnas

O humorista e deputado federal Tiririca (PL-SP) definiu que...

Bolsonaro inicia campanha pela reeleição no local onde levou facada em 2018

O presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), escolheu...

Margareth Menezes leva seu Eletroacústico ao Domingo no TCA

Foi no Teatro Castro Alves (TCA) que ela...

Rodrigo Pacheco: ‘Orçamento secreto não existe’

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou, nesta segunda-feira (16/7), que o chamado “orçamento secreto”, não existe. A declaração foi dada durante o programa Roda Viva, da TV Cultura.

LEIA TAMBÉM: Ao vivo: Rodrigo Pacheco é o convidado do Roda Viva
Questionado sobre as emendas do relator, que reservaram cerca de R$16,5 bilhões do montante para 2022, Pacheco negou ter ignorado um pedido do Supremo Tribunal Federal (STF) para detalhamento dos gastos. 
No entanto, 404 parlamentares, dos 594, apresentaram as contas, o que representa somente R$11 bilhões explicados dos R$36,6 bilhões empenhados em 2020 e 2021.

LEIA TAMBÉM: Pacheco diz que não existe chance de militares intervirem nas eleições
 
“Não há orçamento secreto e não houve descumprimento do Congresso das regras impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O que houve foi uma discussão sobre dinheiro público”, afirmou.
Pacheco ressaltou que as emendas foram uma “opção legislativa” para transferir a autonomia do poder Executivo para que o Legislativo participasse da distribuição e discussão sobre o orçamento.
LEIA TAMBÉM: Pacheco sobre não criticar Bolsonaro: ‘Não preciso fulanizar’

Roda Viva

 
Pacheco foi eleito senador em 2018 por Minas Gerais, com mais de 3,6 milhões de votos. Em 2021 ele foi indicado à presidência do Senado.
Compõem a bancada do Roda Viva com Rodrigo Pacheco: Fabio Zanini (editor do painel da Folha de S. Paulo), Andreza Matais (editora executiva do Estadão em Brasília), Carlos Andreazza (âncora da Rádio CBN e colunista do Jornal O Globo), Lilian Tahan (diretora de redação do Metrópole) e Denise Rothenburg (colunista do Correio Braziliense e comentarista da Rede Vida).

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

STF dá prazo para União e estados detalharem combate à varíola dos macacos

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) e as gestões estaduais se manifestem a...

Tiririca define candidatura à Câmara e escolhe novo número nas urnas

O humorista e deputado federal Tiririca (PL-SP) definiu que irá se candidatar à reeleição para um possível quarto mandato na Câmara dos Deputado e escolheu um novo número para...

Bolsonaro inicia campanha pela reeleição no local onde levou facada em 2018

O presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), escolheu o local exato onde levou uma facada em 2018 para fazer o seu primeiro discurso na corrida pela reeleição. Nesta...