Aporte da CBF à Série D ajuda a ‘manter prática do futebol viva’, diz presidente da FTF

O aporte designado pela Confederação Brasileira de Futebol...

Texto da PEC que amplia benefícios vai ser mantida pelo relator na Câmara

O deputado Danilo Forte (União-CE), relator da PEC...

Lucas Selfie faz piada após treta entre Dynho e Christian Figueiredo

Lucas Selfie foi o co-host da entrevista de Christian...

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro...

Rodrigo Pacheco: ‘Orçamento secreto não existe’

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou, nesta segunda-feira (16/7), que o chamado “orçamento secreto”, não existe. A declaração foi dada durante o programa Roda Viva, da TV Cultura.

LEIA TAMBÉM: Ao vivo: Rodrigo Pacheco é o convidado do Roda Viva
Questionado sobre as emendas do relator, que reservaram cerca de R$16,5 bilhões do montante para 2022, Pacheco negou ter ignorado um pedido do Supremo Tribunal Federal (STF) para detalhamento dos gastos. 
No entanto, 404 parlamentares, dos 594, apresentaram as contas, o que representa somente R$11 bilhões explicados dos R$36,6 bilhões empenhados em 2020 e 2021.
LEIA TAMBÉM: Pacheco diz que não existe chance de militares intervirem nas eleições
 
“Não há orçamento secreto e não houve descumprimento do Congresso das regras impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O que houve foi uma discussão sobre dinheiro público”, afirmou.
Pacheco ressaltou que as emendas foram uma “opção legislativa” para transferir a autonomia do poder Executivo para que o Legislativo participasse da distribuição e discussão sobre o orçamento.
LEIA TAMBÉM: Pacheco sobre não criticar Bolsonaro: ‘Não preciso fulanizar’

Roda Viva

 
Pacheco foi eleito senador em 2018 por Minas Gerais, com mais de 3,6 milhões de votos. Em 2021 ele foi indicado à presidência do Senado.
Compõem a bancada do Roda Viva com Rodrigo Pacheco: Fabio Zanini (editor do painel da Folha de S. Paulo), Andreza Matais (editora executiva do Estadão em Brasília), Carlos Andreazza (âncora da Rádio CBN e colunista do Jornal O Globo), Lilian Tahan (diretora de redação do Metrópole) e Denise Rothenburg (colunista do Correio Braziliense e comentarista da Rede Vida).

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Victor Godoy, se esquivou das acusações de esquemas de corrupção no Ministério da...

Suspeito de ataque com drone em evento Lula-Kalil é preso pela segunda vez

O agropecuarista Rodrigo Luiz Parreira, acusado de ser um dos autores do ataque com drone durante evento do pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula...

PEC das Bondades: Relator recua, mantém estado de emergência e Câmara votará texto do Senado

O relator da PEC das Bondades na Câmara, deputado Danilo Forte (União Brasil-CE), voltou atrás nesta terça-feira, 5, e não vai mais propor alterações...