Justiça do Paraná nega prisão domiciliar de bolsonarista que matou Marcelo Arruda

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) negou...

Brasileiro sub-17: Bahia perde para o Atlético-MG em Belo Horizonte

O time sub-17 do Bahia perdeu mais uma...

Geraldo Júnior decreta luto na Câmara pelo falecimento do ex-vereador Batista Neves

Três dias de luto foram decretados pelo presidente...

MP Eleitoral defende multa a Bolsonaro por reunião com embaixadores

O Ministério Público Eleitoral (MPE) defendeu nesta quarta-feira (10/8),...

Polícia do Rio abre inquérito para apurar comércio ilegal de armas

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), da Polícia Civil do Rio de Janeiro, instaurou inquérito para apurar comércio ilegal de armas de fogo que estaria ocorrendo em uma loja especializada de Niterói.ebc.png62728784dcb93ebc.gif6272878519226

Em uma operação realizada ontem (3), agentes da Desarme e integrantes do Exército apreenderam 110 armas. Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio (Sepol), foram encontradas 97 pistolas e 13 armas longas sem notas fiscais.

Comando Militar

O Comando Militar do Leste (CML) informou à Agência Brasil que a Operação Interagências tem o “objetivo de combater eventuais irregularidades relacionadas a produtos controlados pelo Exército”.

Segundo a Sepol, a loja está com o Certificado de Registro (CR) suspenso desde o ano passado. A secretaria informou, ainda, que, após uma apreensão de armas feita pela Polícia Federal, a loja teve uma filial fechada em Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Para agentes da Desarme, “o estabelecimento não poderia comercializar novas armas, apenas entregar as que foram vendidas antes da suspensão do Certificado de Registro”.

Um funcionário da loja já prestou depoimento na delegacia. “Os gerentes e os sócios do estabelecimento serão intimados a depor e deverão apresentar a documentação relativa à compra e venda das armas”, completou a Sepol.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Entidades do setor da saúde acionam STF contra piso da enfermagem

Pesquisa da Confederação Nacional de Saúde (CNS) realizada junto a 85 hospitais privados em cinco regiões do país aponta para um aumento de custos na ordem de 88,4% com...

Polícia investiga professor por suspeita de assédio a alunas no RJ

No Rio de Janeiro, um professor de matemática foi demitido de uma tradicional escola particular em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, por enviar mensagens de cunho sexual a alunas...

Julho registra temperatura média mais alta da história 

Mesmo no inverno, os termômetros brasileiros registraram as temperaturas mais altas dos últimos 61 anos. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) revelam que a temperatura média do mês de julho chegou a 22,8ºC, um...