Anvisa dispensa registro de medicamentos e vacinas para varíola dos macacos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por...

Lula declina do convite da Jovem Pan para participar de sabatina entre os candidatos à Presidência da República

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não...

Museu no Rio de Janeiro cobriu nome de Lula em placa, como mostra vídeo

É verdade que o Museu Histórico Nacional (MHN)...

Posts enganam ao sugerir que Bolsonaro e ministros olhavam para Lula em foto feita no TSE

Não é verdade que o presidente Jair Bolsonaro...

PDT da Bahia não considera hipótese de Ciro Gomes não ser candidato à presidência

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

PDT da Bahia não considera hipótese de Ciro Gomes não ser candidato à presidência

Foto: Reprodução / Twitter

As principais lideranças do PDT na Bahia não trabalham com a hipótese do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não ser o candidato do partido à presidência da República, mesmo com a pressão de setores da esquerda brasileira para que a pré-candidatura seja retirada em favor de um apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Procurado pelo Bahia Notícias nesta quinta-feira (26) para comentar a situação, o deputado federal Félix Mendonça Jr. (PDT), presidente do partido na Bahia, garantiu que a possibilidade não é sequer cogitada e que Ciro Gomes deve mesmo concorrer à presidência da República em outubro.

Félix ainda contou ao BN que Ciro vem à Bahia no final de junho e terá sua agenda no estado organizada pela vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT).

O deputado estadual Leo Prates (PDT) também afirmou que Ciro será mesmo o candidato do partido a presidente do Brasil. Líder da legenda em Salvador, o parlamentar ainda apontou que a pré-candidatura trabalhista é a única a ter apresentado um projeto.

“Apenas a nossa pré-candidatura apresentou o Projeto Nacional de Desenvolvimento. Ciro tem um livro sobre isso. Não há possibilidade nenhuma dele não ser candidato. É o nosso nome para o Brasil”, defendeu Prates.

Na última segunda-feira (23), a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, sinalizou que ainda não tinha desistido de contar com os trabalhistas ao lado de Lula na campanha. Ao lado de lideranças de partidos de esquerda e de centro-esquerda, como PCdoB, PSB, PV, PSOL, Rede e Solidariedade, a petista comentou que só faltava o PDT para compor a aliança.

‘Andaram dizendo que o PT estava pressionando o PDT. Não é verdade. Isso não é correto fazer. A gente respeita muito a legitimidade dos partidos apresentarem candidatura. Mas, obviamente, a gente gostaria de ter o PDT com a gente. Não sei se a candidatura do Ciro vai continuar ou não, mas essa é uma decisão que cabe ao PDT chegar”, comentou Gleisi (veja aqui).

Com base nas pesquisas eleitorais, a avaliação dos petistas é que a retirada da candidatura de Ciro Gomes e uma aliança do PDT com Lula tem grandes chances de garantir uma vitória no primeiro turno para a centro-esquerda.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro sobre eleição em Minas: ‘Jamais serei inimigo do Zema’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou nesta sexta-feira (19/8) sobre sua relação com Romeu Zema (Novo) e a disputa ao governo de Minas nas eleições de outubro de 2022.Em...

Lula declina do convite da Jovem Pan para participar de sabatina entre os candidatos à Presidência da República

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não irá participar da série de sabatinas com os candidatos à Presidência da República realizada pela Jovem Pan News. A entrevista...

Museu no Rio de Janeiro cobriu nome de Lula em placa, como mostra vídeo

É verdade que o Museu Histórico Nacional (MHN) no Rio de Janeiro cobriu o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com uma tarja preta em...