Salvador amplia 4ª dose de vacina contra Covid-19 para população com 18 anos ou mais

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou a...

Relação de gestores com contas reprovadas pelo TCE-BA tem 543 nomes; veja lista

Entre os gestores baianos, 543 deles estão na...

Na 5ª colocação, técnico do Londrina se mantém confiante no acesso: ‘Vamos jogo a jogo’

Atualmente na quinta colocação da Série B, com...

Jequié: PM apreende cerca de 130 quilos de maconha em bagageiro de ônibus turístico

128 tabletes de maconha foram apreendidos na noite...

No ABC em SP, trabalhadores da Volkswagen entram em férias coletivas

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo, ABC paulista, vai entrar em férias coletivas a partir de segunda-feira.ebc.png62761a50e2c3debc.gif62761a514ae90

A fábrica tem cerca de 8,2 mil trabalhadores. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, 2,5 mil metalúrgicos vão ser afetados pela medida.

O Sindicato também diz que a medida foi tomada pela falta de componentes. Uma crise que começou em 2020, durante a pandemia de covid-19, e que afetou a produção dos semicondutores. Mas além dos chips usados na automação dos veículos, a falta de outras peças também estaria afetando a linha de produção.

A interrupção dos trabalhos segue até o dia 28 de maio.

Nós entramos em contato com a Volkswagen, que confirmou a falta de semicondutores. Questionamos também se existe uma previsão para a normalização do fornecimento e a empresa diz que isso ainda não existe.

No começo de março, a fábrica de São Bernardo voltou a operar em dois turnos. Antes disso, cerca de mil funcionários ficaram com os contratos suspensos por quatro meses, em regime de lay off, também em função da falta de semicondutores.

Economia São Paulo 06/05/2022 – 21:17 Roberto Piza / Beatriz Arcoverde Eliane Gonçalves – Repórter da Rádio Nacional Volkswagen sexta-feira, 6 Maio, 2022 – 21:17 1:11

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS