América 1 x 0 Santos: veja fotos da vitória do Coelho pelo Brasileirão

O América venceu pela quarta vez consecutiva no Campeonato...

Simaria está apaixonada por galã do SBT e irmão confirma a paquera

E pra quem acha que a vida de Simaria...

Financiamento do transporte público não pode ser só pela tarifa, defende Giovanna Victer

A secretária municipal da Fazenda em Salvador, Giovanna...

OMS divulga novos nomes para grupos do vírus da varíola dos macacos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A OMS (Organização Mundial...

Morre Helena de Lima, cantora da era de ouro do rádio

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A cantora Helena de Lima morreu hoje, (16) aos 95 anos, no Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio. Em nota, a casa informou que “hoje nos despedimos de uma das vozes mais potentes do país, nossa querida Helena de Lima.”ebc.png628310074337bebc.gif62831007779b7

Helena brilhou como cantora e fez sucesso na década de 1950, tornando-se uma das mais populares cantoras do Brasil. Amada pela crítica, conquistou seu espaço no rádio. Logo depois tornou-se um grande cartaz também na televisão. Seu último álbum “Sentimentos” foi gravado em 2007, de forma independente.

O comunicado diz ainda que a cantora “se manteve fazendo o que amava até depois dos 90 anos de idade, cantando e espalhando seu talento sem igual. Nossos sentimentos aos amigos e familiares da nossa querida Helena de Lima.”

Carreira

Helena de Lima foi descoberta por César Ladeira na década de 1940, em um programa na Rádio Nacional, onde a cantora se apresentou como caloura. Em 1948, começou a trabalhar como cantora na boate Pigalle, na zona sul do Rio. Em 1952, gravou seu primeiro disco pela gravadora Continental Em meados dos anos 1950, apresentava-se com frequência em diversas boates do Rio de Janeiro e de São Paulo

Foi contratada para o elenco da Rádio Nacional. Trabalhou ainda na TV Paulista e na Rádio e TV Record, em São Paulo. No final da década de 1950, iniciou uma parceria com o maestro Lauro MIranda Na década de 1960 lançou vários LPs, alguns deles gravados ao vivo em shows na boate Cangaceiro, onde fez grande sucesso e onde se apresentava também – em dias alternados – a cantora Elizeth Cardoso. Uma de suas canções mais conhecidas é a marcha-rancho “Estão Voltando as Flores”, de Paulinho Soledade.

O velório está marcado para esta terça-feira (17), data em que a cantora completaria 96 anos. O enterro será no Cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul do Rio.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prazo para caminhoneiros fazerem autodeclaração para receber benefício começa nesta segunda-feira

O prazo para que transportadores autônomos de carga (TAC) realizem a Autodeclaração do Termo de Registro para receber o Benefício Caminhoneiro-TAC começou nesta segunda-feira, 15. Aqueles que fizerem até...

Marcola e PCC: visitas ao chefe da facção revelam plano de fuga e conselhos ao filho

O líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Marco Willians Herbas Camacho, popularmente conhecido como Marcola, passou a ser alvo de investigações da Polícia Federal após o...

STF retoma análise sobre mudanças na Lei de Improbidade na quarta-feira e julgamento mobiliza MP

Em meio à campanha política, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar nesta quarta-feira, 17, o julgamento sobre a constitucionalidade de algumas alterações promovidas pela Nova Lei de Improbidade...