MP-BA cria grupo para enfrentamento da varíola dos macacos e cobra ações do Lacen

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) criou um...

Goleiro Bruno é condenado por não pagar pensão ao filho e voltará à prisão

O goleiro Bruno recebeu, nesta quarta-feira (10), mais...

Bruno Reis enaltece trajetória de Zé Ronaldo na política

Após ACM Neto, candidato ao Governo do Estado...

STF vai levar elegibilidade de Ivo Cassol para plenário virtual

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão apreciar...

Mentiras e verdades sobre a onda de frio que chega ao Brasil nesta semana

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Diante de informações de origem duvidosa ou bastante exageradas que têm circulado nas redes sociais e aplicativos de mensagens sobre a onda de frio que chega ao Brasil nos próximos dias, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) decidiu explicar o que é mentira e verdade sobre o fenômeno.
Segundo o órgão, a massa de ar frio polar vai provocar uma queda acentuada da temperatura na Região Centro-Sul do país, mas não de forma exagerada.
Ela é uma massa de ar atípica pelo seu posicionamento e dimensão, mas não pela intensidade. Os ventos podem superar os 100 km/h no litoral do Rio Grande do Sul. Há também a possibilidade de ciclone subtropical na costa da Região Sul.
De acordo com o Inmet, podem acontecer ainda episódios de chuva congelada. A previsão de neve é apenas para a Região Sul do país, já geada pode ocorrer em Minas Gerais, nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo,  Goiás e Mato Grosso.
O instituto alerta que não existe o termo erupção polar histórica e que a onda de frio não é a maior dos últimos 100 anos no Brasil, embora, em alguns lugares, as temperaturas mínimas possam atingir recordes.
Além disso, a massa de ar frio polar não deve chegar à Região Nordeste do país e as temperaturas não vão atingir -10ºC. Chance de neve em Goiás, no Distrito Federal e demais regiões centrais do Brasil também estão descartadas.
O Inmet lembra que frentes frias, frio e calor intenso continuarão a acontecer. “O que geralmente pode ser falso em uma ‘notícia duvidosa’ de clima, são valores extremamente exagerados e sem embasamento científico.”
Em caso de dúvidas, o instituto pede ainda que as pessoas acessem o site ou as redes sociais do órgão para confirmar informações e não compartilhem notícias falsas.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ciclone extratropical: o que é o fenômeno que causa chuvas e ventania

Um ciclone extratropical, fenômeno meteorológico responsável por causar fortes chuvas e ventos atua nesta semana em parte do Brasil, com os efeitos mais fortes entre 10 e 11 de...

Defesa Civil alerta para quedas de temperatura e ventania em São Paulo

A Defesa Civil de São Paulo, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Emergência, emitiu, nesta semana, alerta para baixas temperaturas e fortes ventos nesta quarta-feira, 10, e quinta-feira,...

Em SP, moradores do Jabaquara denunciam aumento de assaltos

Moradores do bairro do Jabaquara, localizado na Zona Sul de São Paulo, denunciaram à Jovem Pan News uma situação de medo e insegurança com o aumento de crimes na...