Governo publica exoneração de Pedro Guimarães

A demissão de Pedro Guimarães da presidência da...

Na Praia volta em novo endereço e com programação para toda a família

Após dois anos de hiato, o Na Praia volta...

Dono de boliche acusado de homofobia é perito da Polícia Federal

Um dos donos do estabelecimento Capitão Boliche, denunciado por...

CPI em Uberlândia investiga contratos da Secretaria de Saúde

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) vai investigar contas...

Mãe se revolta com corte de cabelo do filho e caso acaba na polícia

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

 

Um vídeo de um corte de cabelo ganhou grande repercussão nas redes sociais. Com mais de 10 milhões de visualizações, a influenciadora Thielly Souza, de 27 anos, registrou o primeiro corte do filho, nesta quinta-feira (26/5), após quatro anos deixando o cabelo crescer. 

Ela conta que o pequeno Theo, de 5 anos, escolheu como queria o corte e estava cheio de expectativas para o novo visual. Para colocar o plano do garoto em prática, ela entrou em contato com um salão especializado para o público infantil em Porto Alegre, chamado Glamour. Segundo a mãe, a escolha pelo estabelecimento foi justamente o atendimento de crianças. “Tínhamos a ideia de que atenderiam ao pedido por ter profissionais capacitados para esse público”, conta.

Só que a expectativa logo se tornou aflição para Thielly, que viu que o corte não estava saindo como o esperado. No vídeo, ela conta que o cabeleireiro deixou a parte da frente do cabelo mais curta, como uma franja. “Eu até comentei com o profissional (que ele tinha cortado muito) e ele disse que sabia o que estava fazendo. Quando finalizou, meu filho olhou e ficou triste dizendo que não havia gostado da franja e que estava feio e queria remover. O profissional a todo momento dizia que não tinha máquina do tempo”, relata. 

 

Após o término do corte, Thielly afirma ter pedido para falar com a dona do local, que não estava, e com a gerente, que teria se negado a conversar. Em seguida, ela teria pedido pelo CNPJ do salão de beleza, mas que os funcionários se recusaram. “Eles negaram passar o CNPJ, para eu ter comprovante ou a me dar uma nota de que havia ido no local ”, relata. Ela também diz que o estabelecimento não contava com uma cópia do Código de Defesa do Consumidor.

Em seguida, ela se dirigiu para uma delegacia de polícia, onde fez um boletim de ocorrência, segundo a mãe, porque “precisávamos de um documento comprovando que fomos no local”. 

De acordo com Thielly, o vídeo só foi postado depois de tentar em contato com o salão de beleza e não ter sido atendida. Durante a tarde dessa quinta (26/5), Theo foi levado a outro cabeleireiro, que corrigiu o corte e fez com que o menino se sentisse bem novamente. Mesmo assim, a mãe afirma que vai continuar com a ação contra o salão, pedindo danos morais. “Não é sobre o corte, mas sim sobre a postura do salão”, afirma.

 

 

Thielly, que tem mais de 150 mil seguidores nas redes sociais, foi alvo de críticas. Para ela, os comentários negativos foram uma forma de inviabilizar como seu filho estava se sentindo. “Acho que as pessoas estão tão acostumadas a não validar o sentimento das crianças, mas eu sou a mãe que o respeita e dá voz. Quero que meu filho saiba que eu escuto e luto por ele. Se fosse uma adulta reclamando de corte químico, haveria sensibilização. Mas como é criança, falam ‘deixa que cresce’”, finaliza.

Nós entramos em contato com o salão de beleza Glamour, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Flávio Bolsonaro classifica denúncias contra Pedro Guimarães como ‘gravíssimas’

A Caixa Econômica Federal mudou de liderança nesta quarta-feira, 29. Após denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães renunciou ao cargo de presidente e Daniella...

Caixa admite que recebeu denúncias de assédio contra Pedro Guimarães

A Caixa Econômica Federal confirmou, nesta quarta-feira, 29, que recebeu relatos de assédio sexual na instituição. Em nota, o banco afirmou que investiga o...

Mãe de Henry volta para a cadeia após passar 3 meses em prisão domiciliar

Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, foi transferida na manhã desta quarta-feira (29/6) para o Presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio de...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com