Ouvidoria da Mulher promete combater violência de gênero

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro...

Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê mínimo de R$ 1.294 em 2023

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a Lei...

CBF irá aceitar acordo da Fifa e da AFA para cancelar clássico contra a Argentina

O clássico entre Brasil e Argentina interrompido pela...

Fernanda Montenegro e mais artistas gravam leitura da carta pela democracia

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Fernanda Montenegro, Anitta, Marisa...

Incêndio destrói galpão e causa danos em residências em Águas Claras

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Um galpão utilizado para distribuir materiais para sorveterias pegou fogo na noite deste domingo (15), no bairro Água Claras, em Salvador. As chamas comprometeram toda a estrutura do local, que fica no primeiro andar de um pequeno prédio. No térreo há uma residência, onde mora o responsável pela empresa. De acordo com vizinhos, as chamas ficaram intensas por volta das 22h30. Ao perceber o fogo, moradores da região chegaram a utilizar água de um tanque da laje de um outro imóvel para tentar conter as chamas. Casas próximas do galpão sofreram pequenos danos. Não há registro de feridos.

“Eu perdi roupas, fardas de trabalho. Meu filho também perdeu fardas do colégio. As janelas da casa da gente foram quebradas por conta da quentura do fogo. Fora isso estamos todos bem, apesar da perda. O fogo que ainda continua tendo chamas. A gente tem esse medo de retornar”, conta Raquel Cardoso.  Ao CORREIO, ela afirmou que dormia com o filho quando foi acordada pela irmã, que avisou sobre o fogo. “Quando despertei, as chamas já estavam bem rentes à nossa casa. Eu peguei meu filho, que acordou assustado, chamei minha prima que mora embaixo. A gente acordou todo mundo e saiu na rua em desespero. Estavam muito fortes as chamas”, relembra Raquel. 

csm casa raquel paula froes 35498b1534
A temperatura das chamas queimou roupas e quebrou os vidros das janelas da casa de Raquel Cardoso (Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Foi do tanque da laje de Raquel que os moradores iniciaram a tentativa de debelar o incêndio. “Graças ao apoio da vizinhança, que entrou na minha casa, lá na laje. A gente esvaziou o tanque de mil litros umas três vezes para conter o fogo, mas não tinha como conter. Acho que foi até por conta disso que o fogo não conseguiu adentrar na casa. Quando os bombeiros chegaram, demorou para eles conterem . O caminhão que eles vieram acabou a água, tiveram que pedir reforço. Quando foi por volta das 4h da manhã o fogo retornou”. 

Por meio da assessoria, o Corpo de Bombeiros informou ter sido acionado. O trabalho dos agentes foi finalizado às 2h da madrugada desta segunda-feira (16).  Segundo vizinhos, apesar da ação dos bombeiros, na manhã desta segunda, as chamas continuam consumindo o que restou da estrutura. A Defesa Civil de Salvador está no local, também nesta manhã, para avaliar a condição dos imóveis. 

Causa indefinida
A causa inicial do incêndio ainda é um mistério. Aos vizinhos, o responsável pela empresa, que morava embaixo do galpão, contou que o incêndio iniciou após ele ter sofrido um assalto. Os criminosos o teriam colocado de joelhos e ele já teria começado a ouvir os estalos provocados pelo fogo. O homem, que não teve a identidade revelada, não está mais no local. Teria ido para a sede da empresa, que fica em Feira de Santana, segundo vizinhos. 

A reportagem buscou a Polícia Civil para verificar se há registro de ocorrência, mas ainda não obteve resposta. 
 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem é preso em operação contra pornografia infantil na Bahia

Um homem foi preso em uma operação para combater a prática de armazenamento e divulgação de conteúdo sexual com crianças na cidade baiana de Santa Inês, nesta quarta-feira...

MP-BA pede esclarecimentos sobre prevenção da varíola dos macacos nos presídios e escolas

O Ministério Público estadual anunciou nesta quarta-feira (10) a criação de um grupo de trabalho para acompanhar o enfrentamento da varíola dos macacos na Bahia. De acordo com a Secretaria...

Policial militar reage a assalto e mata ladrão a tiros no Cabula

Um homem foi morto a tiros depois de tentar assaltar um policial militar na Avenida Nossa Senhora do Resgate, no Cabula, na manhã da terça-feira (9). Raimundo Pereira...