Salvador amplia 4ª dose de vacina contra Covid-19 para população com 18 anos ou mais

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou a...

Relação de gestores com contas reprovadas pelo TCE-BA tem 543 nomes; veja lista

Entre os gestores baianos, 543 deles estão na...

Na 5ª colocação, técnico do Londrina se mantém confiante no acesso: ‘Vamos jogo a jogo’

Atualmente na quinta colocação da Série B, com...

Jequié: PM apreende cerca de 130 quilos de maconha em bagageiro de ônibus turístico

128 tabletes de maconha foram apreendidos na noite...

Holafly, o novo chip eSIM internacional para viagens

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Vivemos em um mundo globalizado e viajar para os destinos mais distantes é uma tendência, seja para turismo, negócios ou estudo. Mas sair do Brasil e perder a conexão de ligações, mensagens e dados é algo normal por causa da operação local do serviço.

Mesmo com a possibilidade de se conectar à Internet no exterior por meio de roaming internacional, o custo do serviço é muito alto. A alternativa mais interessante é comprar um cartão SIM local do país que você for visitar.

Se você prefere comodidade e o mínimo de stress possível, existem os cartões SIM internacionais, uma alternativa mais prática para evitar a procura por SIMs locais ou pagar taxas abusivas de roaming de dados. A boa notícia é que existem os eSIMs internacionais como a Holafly. Neste artigo você saberá tudo esse produto que vai mudar sua vida em se tratando de conexão permanente à internet em qualquer lugar do mundo.

O que é um chip eSIM internacional?

Um chip eSIM internacional nada mais é que um cartão SIM virtual que permite ao usuário ter acesso ao serviço de internet no exterior sem a necessidade de contratar um roaming internacional da sua operadora de telefonia. Graças a ele, você conseguirá viajar tranquilamente por qualquer país sem o risco de ficar desconectado.

Como funciona?

Seu funcionamento é parecido a um eSIM local, podendo ser instalado através de um código QR ou código de ativação, além da possibilidade de ser ativado imediatamente. Para comprar um eSIM internacional não é exigido um passaporte ou apresentar o documento de identidade, o que torna mais fácil a vida de quem gosta do que é simples e prático.

Como e onde comprar?

Agora que você já sabe o chip eSIM local funciona perfeitamente, o próximo passo é saber como fazer para comprá-lo. É possível comprar o produto de qualquer lugar do mundo em uma loja online. Nesse caso em específico, indicamos a loja internacional eSIM da marca Holafly. É possível comprá-lo facilmente sem registro de usuário e o eSIM chega até você em questão de segundos.

Vantagens e desvantagens do eSIM internacional

Apesar dos eSIMs internacionais não serem perfeitos, eles conseguem se destacar por apresentarem grandes vantagens, especialmente para os viajantes que gostam de conforto em suas viagens e tranquilidade em todos os momentos.

Vantagens

Comodidade e praticidade: ao viajar para um país desconhecido, é importante estar sempre conectado à internet. Com um chip eSIM você tem internet ao chegar ao seu destino sem precisar pesquisar, se comunicar em outros idiomas ou ficar na fila das lojas locais.

Compartilhe dados: com um chip eSIM internacional o viajante tem a facilidade de compartilhar seus dados móveis sem restrições. É possível compartilhar os dados que você precisa com seu parceiro ou acompanhante. Assim você evita comprar dois chips SIMs.

Ativação fácil: Ao ligar seus dados, o roaming ativará seu eSIM em minutos ou até segundos.

Desvantagens

Incompatibilidade: por se tratar de uma tecnologia recente, a maioria dos telefones celulares não são compatíveis com um chip eSIM internacional. A expectativa é de que os fabricantes implementem o eSIM nos próximos meses e anos. No momento, os telefones que o suportam são high-end e médio-alto.

Inclui apenas dados: o chip eSIM internacional permite que o usuário se conecte à Internet em suas viagens. Porém, se precisar efetuar chamadas convencionais, não conseguirá. Uma solução alternativa é usar o WhatsApp ou o Skype para se comunicar com familiares ou amigos do exterior.

Países incluídos em um eSIM internacional

A Holafly tem um chip eSIM de dados para viajar para diferentes continentes. Europa, América, Ásia são os principais. Da mesma forma e para menos lugares, existem eSIMs para África e Oceania.

Europa:

Para viajantes latinos, americanos, asiáticos e africanos existem os eSIMs da Europa. Se você está planejando visitar o velho continente, você conta com cobertura nos seguintes destinos:

Andorra, Suíça, Turquia, Reino Unido, Suécia, Espanha, Eslovênia, Eslováquia, Romênia, Portugal, Polônia, Sérvia, Montenegro, Albânia, Noruega, Holanda, Malta, Luxemburgo, Lituânia, Liechtenstein, Letônia, Itália, Irlanda, Hungria, Grécia, Alemanha, Geórgia, França, Finlândia, Estônia, Dinamarca, Chipre, República Tcheca, Bulgária, Bélgica, Áustria, Armênia e Jersey.

América:

Na América o usuário conta com um serviço com países de renome mundial, como EUA, Canadá e México. Além dos países latinos entre os quais estão:

Argentina, Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, México, El Salvador, Guatemala, Chile, Honduras, Nicarágua, Panamá, Peru, Costa Rica, Porto Rico, Paraguai e Uruguai.

Ásia:

A Ásia é um dos continentes onde a língua é totalmente diferente dos países ocidentais. Por esse motivo, é aconselhável fazer um eSIM internacional antes de viajar para evitar contratempos e poder receber suporte em espanhol. Os destinos incluídos são os seguintes:

China, Coréia do Sul, Japão, Camboja, Vietnã, Tailândia, Taiwan, Cingapura, Malásia, Indonésia, Filipinas, Hong Kong, Macau e Laos.

África:

Como já dissemos, em África os destinos são reduzidos, tendo em conta que em alguns deles ter uma ligação à Internet é um privilégio e não existe uma boa ligação à rede móvel. Os países incluídos no eSIM internacional recomendado são:

Marrocos, Egito, Israel, Tunísia, Paquistão, Madagascar e África do Sul.

Oceania:

No continente onde é comum ver cangurus, você poderá desfrutar de uma boa conexão de Internet com um eSIM nos seguintes destinos:

Austrália, Tonga, Fiji e Nova Zelândia.

Como ativar um eSIM internacional?

É muito fácil ativar um eSIM internacional. Após efetuar a compra, o cliente recebe um e-mail com um código QR que deverá ser escaneado com aparelhos iPhone, Samsung Galaxy ou Huawei compatível com eSIM. Ao digitalizar o código QR, poderá baixar o perfil do SIM virtual.

Depois de baixar e instalar o perfil eSIM, você só precisa ativar os dados móveis e o roaming de dados para que seu eSIM internacional seja ativado. Desta forma, agora você pode navegar na Internet com total tranquilidade.

Algo importante é sempre selecionar o eSIM internacional como linha de dados. Se possível, evite inserir seu SIM habitual em seu celular. Dessa forma, você evita cometer um erro ao selecionar o SIM errado para dados móveis no exterior.

Agora que sabe dos benefícios, é só escolher seu destino e fazer uma boa viagem sempre conectado à internet.

Este conteúdo não reflete, nem total e nem parcialmente, a opinião do Jornal Correio e é de inteira responsabilidade do autor

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jequié: PM apreende cerca de 130 quilos de maconha em bagageiro de ônibus turístico

128 tabletes de maconha foram apreendidos na noite deste domingo (14), na Avenida Otávio Mangabeira, no município de Jequié. O flagrante foi realizado por equipes do 19º Batalhão...

DF tem 116 casos confirmados de monkeypox, aponta Secretaria de Saúde

O Distrito Federal tem 116 casos confirmados de monkeypox e 127 suspeitos. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (15/8), pela Secretaria de Saúde do DF. Outros 154 pacientes tiveram...

Urnas: o que é e como funciona a fiscalização do código-fonte

Investigado por: Correio Braziliense e Jornal Plural Comprova Explica: O código-fonte das urnas eletrônicas é a linguagem de computador em que os aparelhos são programados. Para garantir que não haja...