Ex-sem-teto Givaldo Alves vende ‘Pau de Mendigo’ sem aval da Anvisa

Após ficar famoso por ter mantido relações sexuais...

São João de Porto Seguro recebe 80 mil pessoas em show de Amado Batista

O cantor Amado Batista, que completa 47 anos...

Bolsonaro diz que anunciará Braga Netto como candidato a vice

Jair Bolsonaro (PL) afirmou na noite deste domingo (26/6)...

Datafolha: 73% confiam nas urnas eletrônicas, mas índice recua

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Em dois meses, a confiança dos brasileiros nas urnas eletrônicas diminuiu. O novo levantamento do Instituto Datafolha, publicado nesta sexta-feira (27/5), revelou uma queda de nove pontos percentuais na taxa de confiança dos entrevistados, em relação à última pesquisa, realizada em 25 de março.
Apesar da queda, a confiança ainda é predominante entre os brasileiros: 73% afirmaram acreditar no sistema eleitoral, ante 24% que se denominam desacreditados das urnas e 2% que não souberam opinar.
Em março, o nível de confiança era de 82%. Em contrapartida, a taxa dos que não confiavam nas urnas eletrônicas era menor: 17% dos entrevistados disseram que desacreditam da segurança da forma de se eleger figuras políticas.
Entre os que confiam, 42% dizem confiar muito nos aparelhos – uma queda de cinco pontos percentuais em relação a março, que registrou 47% de taxa de confiança alta. Outros 31% dizem confiar um pouco.
Feito entre quarta (25/5) e quinta-feira (26/5), o levantamento entrevistou 2.556 pessoas, acima de 16 anos, em 181 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. O levantamento foi contratado pelo jornal Folha de S.Paulo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05166/2022.
Maior taxa de confiança está entre eleitores de Lula; menor é de quem prefere Bolsonaro
A escolha de candidatos para o pleito de outubro de 2022 revela uma interferência na confiança das urnas. Protagonista de uma ferrenha batalha contra as urnas eletrônicas, agravada em 2021 com a proposição da proposta de emenda à constituição (PEC) do voto impresso, o presidente Jair Bolsonaro (PL) continua a desacreditar o sistema eleitoral eletrônico.
De acordo com o levantamento, o entendimento é acompanhado pelos seguidores do chefe do Executivo: 40% deles dizem não confiar nas urnas, enquanto 38% confiam pouco. Apenas 20% confiam muito.
Já entre eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a alta confiança nas urnas está 34 pontos percentuais acima dos bolsonaristas. 54% de quem pretende votar no petista diz confiar muito nas urnas, enquanto 29% afirmam confiar pouco e 16% declararam não confiar.
Outro recorte que demonstra o cruzamento entre candidato e confiança nas urnas é o salarial. Enquanto o índice geral de não confiança é de 24%, a taxa aumenta para 34% em eleitores que ganham mais de dez salários-mínimos. Essa parte da população também tem preferência por Bolsonaro: 42% deles afirmaram votar no chefe do Executivo, segundo o Datafolha. 
Entre evangélicos, maior índice é de ‘pouca confiança’
Grupo eleitoral que, até o momento, tem demonstrado preferência por Bolsonaro, evangélicos tem opinião dividida sobre confiança nas urnas: 35% confiam pouco, 32% confiam muito e 31% disseram não confiar no sistema eletrônico de votos. 
De acordo com o instituto, 39% dos evangélicos que responderam ao mesmo levantamento de confiança das urnas afirmaram votar no presidente.
A média de alta confiança, que é de 42% no espectro geral, cai para 38% entre mulheres e para 31% entre jovens de 16 a 24 anos. Nesse último grupo, a pouca confiança alcança 47%, 16 pontos percentuais a mais do que a média geral, de 31%.
Por outro lado, os entrevistados com mais de 60 anos – e que conviveram com o voto impresso – demonstram maior confiança nas urnas: 50% dizem confiar muito no sistema.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro diz que anunciará Braga Netto como candidato a vice

Jair Bolsonaro (PL) afirmou na noite deste domingo (26/6) que vai anunciar “nos próximos dias” o ex-ministro Walter Braga Netto como vice em sua...

Bolsonaro diz que foi obrigado a dar ‘graça’ a Daniel Silveira

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, neste domingo (26/6), que foi obrigado a conceder a "graça presidencial" ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). A declaração...

‘Aqui não é comício’, diz Elba Ramalho em meio a gritos de ‘Fora, Bolsonaro’

A cantora Elba Ramalho interrompeu um coro de "Fora, Bolsonaro" do público durante show no Parque de Exposições, em Salvador, neste domingo. Ela...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com