Amargosa: Homem é baleado na porta de casa após discussão em festa

Um homem identificado como Darlan Araújo Cabral da...

Justiça contraria parecer médico e nega internação de adolescente em clínica de obesidade

A Justiça baiana negou um pedido de internação...

Ainda sem condições, Lazaroni segue fora do time do Vitória e não pega o Paysandu

O lateral Guilherme Lazaroni vai desfalcar o Vitória...

Anamma firma acordo com Fórum Baiano de Comitês de Bacias Hidrográficas

A Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente...

Combustíveis ficam mais baratos em BH, exceto o diesel

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
O preço médio da gasolina iniciou o mês de maio com redução de 0,83% em Belo Horizonte e Região Metropolitana, em comparação aos preços do último dia de abril, isto é, num intervalo de 15 dias. Levantamento feito pelo Mercado Mineiro e pelo aplicativo ComOferta mostra que os preços tiveram uma leve queda, com exceção do diesel.
Ao todo, foram consultados os preços em 176 postos da capital mineira, entre os dias 11 a 15 de maio. Segundo a pesquisa, com a queda no valor da gasolina comum, o litro do combustível pode ser encontrado até por R$ 7,79. Entre os postos de Belo Horizonte, o menor preço encontrado da gasolina comum foi R$ 7,38, variação de 5,56% em comparação ao maior valor.
De janeiro de 2021 a maio de 2022, o preço médio da gasolina subiu 62%, equivalente a R$ 2,89. O preço médio que era R$ 4,65 subiu para R$ 7,54. 
 

Etanol também teve queda 

De acordo com o levantamento, para os usuários de etanol o cenário é ainda mais positivo com relação à queda que o combustível teve nos últimos dias. O menor preço encontrado entre os postos pesquisados foi de R$ 5,28 e o maior valor de R$ 5,99 – diferença de 13% entre um estabelecimento e outro. 
Também em comparação ao dia 30 de abril, o etanol teve uma queda de 3,86% no preço médio, ou seja R$ 0,22 por litro. 
De janeiro de 2021 a maio de 2022, o preço médio do etanol subiu 73,41%. O valor que era R$ 3,21 foi para R$ 5,57, aumento de R$ 2,36. 
De acordo com  o economista e coordenador do Mercado Mineiro e aplicativo ComOferta, Feliciano Abreu, no momento atual o etanol não é viável para o bolso do consumidor quando comparado aos preços médios, correspondendo a 74% do preço médio da gasolina comum. 
“Com o etanol a preço médio de R$ 5,57, nós temos 74% do valor da gasolina, que é R$ 7,54. Então o consumidor tem que avaliar se é vantajoso para ele ou não nesse momento”, destaca o economista.
 

Diesel mais caro 

 
No caso do diesel, o preço médio do litro subiu 4,28% nos últimos 15 dias, passando de R$ 6,73 para R$ 7,02. De janeiro de 2021 a maio deste ano o preço médio do diesel s10 subiu 82%, isto é R$ 3,17.
O preço médio era R$ 3,85 e foi para R$ 7,02, isto é 74,90%. Durante a pesquisa, o menor preço por litro do diesel encontrado foi de R$ 6,69 e o maior R$ 7,39, uma variação de 10,46%. 
No levantamento também foi pesquisado o Gás Natural Veicular (GNV). O menor valor encontrado foi de R$ 5,49 e o maior R$ 5,59, com uma variação de 1,82%
A pesquisa completa está disponível no site do Mercado Mineiro. 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

‘São Paulo tem condições de caminhar com as próprias pernas’, diz Tarcísio

Candidato ao Governo de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) considera o que Estado tem condições de “andar com as próprias pernas”. A afirmação aconteceu durante sabatina no Jornal...

Produtividade maior pode elevar PIB brasileiro em US$ 1 trilhão até 2027, diz Firjan

Um estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) demonstrou o quanto o Brasil poderia crescer se investisse em reformas para aumentar a produtividade. Propostas...

Saiba o que muda para passageiros após os leilões dos aeroportos de Congonhas e Campo de Marte

Após a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) realizar um leilão de 15 aeroportos públicos espalhados por seis Estados brasileiros nesta quinta-feira, 18, foi definido os grupos que controlarão...