Aumento de casos da covid força organização à adiar a realização da 8ª corrida do soldado

A 8ª Corrida do Soldado seria realizada em 28...

Diretor explica papel dos clubes na contenção da violência no Mineirão

O diretor do Mineirão, Samuel Lloyd, disse em entrevista...

Líder da oposição considera “boa notícia” eventual demissão de Boris

Em comunicado, Starmer considerou que o Reino Unido "não necessita...

SAJ: Foragido por roubos é preso após ser flagrado pelo Reconhecimento Facial

Um acusado de roubos em Santo Antônio de...

Combustíveis: aplicativo mostra melhores preços em todas as regiões de MG

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O consumidor mineiro tem agora uma ferramenta para pesquisar preços de combustíveis em todo o estado. O aplicativo “Educação Fiscal MG”, criado pelo governo de Minas, mapeia, de acordo com o raio de distância pré determinado (máximo de 20km) pelo usuário, os postos de combustíveis mais próximos com os melhores preços de gasolina, etanol e diesel.

O monitoramento dos preços é feito automaticamente, com base nas notas fiscais emitidas pelos próprios estabelecimentos. 

 

 

 

Veja como funciona

Inicialmente, a atualização dos preços será feita a cada 12 horas, mas, em breve, passará por melhorias e vai começar a atualizar em tempo real. O aplicativo é compatível com aparelhos Android e iOs (disponível a partir da versão 12.0).

 

Após baixar o app na loja de aplicativos, é necessário fazer um cadastro simples. A funcionalidade “Pesquisa Menor Preço” vai mostrar onde estão os menores preços de acordo com o combustível desejado. 

No momento do login, é interessante que o usuário mantenha a opção “lembrar meu CPF” ligada, pois, assim, o aplicativo pode produzir um perfil de gastos único, não só de combustíveis, mas todas as outras compras.

Sempre que fizer uma compra, o consumidor poderá pedir a nota fiscal com a inclusão do CPF e acompanhar os gastos mensais, da mesma forma, tanto com combustível quanto com outros itens, como alimentação, vestuários e remédios. 

O acompanhamento de gastos é automático, atualizado em tempo real. As categorias são divididas de acordo com o local dos gastos, como: combustíveis, drogaria, eletrônicos, material de construção, padaria, papelaria, supermercado, vestuário e outros.

Medicamentos e cesta básica

De acordo com o Secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, em breve será adicionado ao tópico “Pesquisa de menor preço” valores de medicamentos e produtos de cesta básica.

 

“A pesquisa de preços sempre foi e continuará a ser uma estratégia eficiente na valorizar o poder de compra do cidadão/consumidor. Com a ampla base de dados da Secretaria de Fazenda, nós pretendemos incluir ainda muitos outros produtos nessa ferramenta desenvolvida em parceria pelas equipes da Educação Fiscal e da Superintendência de Tecnologia da Informação da Secretaria de Fazenda”, afirma.

 

*Estagiária sob supervisão  

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasil deve ter a maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos

A temporada de cruzeiros 2022/2023 deverá ser a maior dos últimos dez anos, segundo estimativa da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil, sigla...

Fome atingiu 828 milhões de pessoas em 2021, mostra relatório da ONU

O total de pessoas afetadas pela fome em todo o mundo aumentou em 150 milhões desde o início da pandemia do novo coronavírus, alcançando...

Alexandre Ywata é o novo secretário especial de Produtividade

O novo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia será Alexandre Ywata. A nomeação pelo ministro Paulo Guedes foi publicada hoje...