Público lota Salão Nobre da Ufba em reabertura após um ano de restauro

Depois de um ano e dois meses de...

Cruzeiro x Chapecoense: veja as fotos do duelo no Mané Garrincha

Veja as fotos da partida entre Cruzeiro e Chapecoense,...

Coritiba x Atlético: onde assistir ao jogo pela Série A do Brasileirão

Coritiba e Atlético se enfrentarão neste domingo (14/8), às...

São Paulo x Bragantino: onde assistir ao jogo pela Série A do Brasileirão

São Paulo e Red Bull Bragantino se enfrentarão neste...

Bombardeios russos em Kharkiv deixam nove mortos, entre eles um bebê

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
433d39fab1bcd54b9a25f4ed2b4bfb5fdfc3a605w

Pelo menos nove pessoas morreram, entre elas um bebê de cinco meses, e outras 19 ficaram feridas nos bombardeios lançados pelo exército russo contra a cidade de Kharkiv, no leste da Ucrânia, segundo fontes da autoridade militar regional, citadas pelo portal “Ukrinform”. “Até agora, 19 pessoas ficaram feridas, incluindo um menino de nove anos. E, infelizmente, nove morreram, incluindo um bebê de cinco meses. Era uma família que caminhava do lado de fora. O pai e o bebê morreram, a mãe está no hospital, em estado crítico”, detalhou o chefe da Administração Militar Regional de Kharkiv, Oleh Syniehubov. De acordo com Syniehubov, os ataques foram lançados do norte da região e apenas contra áreas residenciais. “O inimigo está aterrorizando a população civil, o que não foi observado nas últimas semanas devido ao sucesso do Exército ucraniano”, acrescentou. Nesse sentido, a autoridade militar alertou que “ainda é perigoso andar pelas ruas de Kharkiv”.

Syniehubov disse ainda que bombardeios russos foram registrados hoje nos distritos de Derhachiv, Zolochiv e Chuhuiv, e que os tiroteios intensos continuam no norte da região. Por sua parte, o Estado Maior ucraniano informou nesta quinta-feira, 26, o registro de, ao menos, 63 ataques com mísseis e 41 bombardeios aéreos no período de 19 a 26 de maio. A maior parte das ações foi direcionada contra infraestruturas ferroviárias e outros alvos no leste da Ucrânia. Os ataques acontecem em cidades e também em pequenas localidades, o que, segundo o alto comando de Kiev, indica uma nova fase da guerra, que começou em 24 de fevereiro deste ano.

*Com informações da EFE

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Biden condena ataque contra Rushdie e enaltece liberdade de expressão

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, condenou neste sábado, 13, o ataque contra o escritor Salman Rushdie, que luta pela vida em um hospital depois de ter sido...

Festival é cancelado na Espanha após tragédia

A organização do Festival da Medusa, em Cullera, na cidade espanhola de Valência, decidiu cancelar definitivamente o evento, depois da queda de várias estruturas terem feito este sábado um...

Ucrânia e Rússia voltam a se acusar de ataques à usina nuclear de Zaporizhia

Ucrânia e Rússia se acusaram mutuamente, neste sábado, 13, de ataques contra a central nuclear de Zaporizhia, a maior da Europa, que está ocupada pelas tropas de Moscou e...