Coisas ultrassecretas de governos que vazaram acidentalmente

Não é segredo que governos ao redor do mundo...

Cândido Sales: Estado entrega quadra poliesportiva e autoriza construção de escola

O Governo do Estado da Bahia entregou nesta...

Aporte da CBF à Série D ajuda a ‘manter prática do futebol viva’, diz presidente da FTF

O aporte designado pela Confederação Brasileira de Futebol...

Bolsonaro diz que vai se ‘inteirar com a PRF’ sobre morte de homem em viatura em Sergipe

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi questionado nesta quinta-feira, 26, sobre a morte de um homem durante abordagem policial em Sergipe. O chefe do Executivo indicou que não sabia do ocorrido e disse que vai “se inteirar” com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Genivaldo de Jesus Santos morreu na quarta-feira, 25, imobilizado dentro do porta-malas fechado da viatura, com uma grande quantidade de gás. O laudo do IML constatou que a morte ocorreu por asfixia. “Onde? Vou me inteirar com a PRF”, disse Bolsonaro. Ele também citou o caso de dois policiais mortos a tiros no Ceará. “Eu vi há pouco aqueles dois policiais executados por um marginal que estava andando lá no Ceará. Uma coisa é execução. A outra, eu não sei o que aconteceu. A execução, ninguém admite ninguém executar ninguém. Mas não sei o que aconteceu para te dar uma resposta adequada”, concluiu.

O Ministério Público Federal em Sergipe abriu procedimento para investigar o caso e deu 48 horas para que a PRF informe sobre o processo administrativo instaurado para apurar os fatos. Em nota divulgada na noite de quarta, a corporação disse que Genivaldo “resistiu ativamente a  abordagem” e que, “em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção”. A polícia afirmou que ele foi socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito. A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária. A PRF ainda disse que lamenta o ocorrido e informa “que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos”.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Victor Godoy, se esquivou das acusações de esquemas de corrupção no Ministério da...

Suspeito de ataque com drone em evento Lula-Kalil é preso pela segunda vez

O agropecuarista Rodrigo Luiz Parreira, acusado de ser um dos autores do ataque com drone durante evento do pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula...

PEC das Bondades: Relator recua, mantém estado de emergência e Câmara votará texto do Senado

O relator da PEC das Bondades na Câmara, deputado Danilo Forte (União Brasil-CE), voltou atrás nesta terça-feira, 5, e não vai mais propor alterações...