Brumado: Presidente da Câmara diz que foi ameaçada após liberar tribuna para deputado

A presidente da Câmara de Vereadores do município...

Santos x Deportivo Táchira: onde assistir ao jogo pela Sul-Americana

 Santos e Deportivo Táchira se enfrentarão nesta quarta-feira (6),...

Coisas ultrassecretas de governos que vazaram acidentalmente

Não é segredo que governos ao redor do mundo...

Cândido Sales: Estado entrega quadra poliesportiva e autoriza construção de escola

O Governo do Estado da Bahia entregou nesta...

Bolsonaro diz que ‘parlamentar gordinho’ cobrou apoio por cargos no governo

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta segunda-feira (16/5), ter sofrido ameaças em seu gabinete no Palácio do Planalto por parte de um “parlamentar gordinho”, que teria condicionado a votação de pautas de interesse do governo à entrega de ministérios para a base partidária. A declaração ocorreu durante evento de abertura da APAS Show, feira do setor de supermercados e alimentos, em São Paulo. Embora não tenha citado nominalmente a quem se referia, o chefe do Executivo já usou a expressão para falar do ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia.
“Quantas vezes chegava um parlamentar gordinho lá, nada contra os gordinhos. ‘Olha, se não arranjar esse ministério não entra em pauta nada, nem na Câmara, nem no Senado’. É foda trabalhar assim. Não se pensa no Brasil de jeito nenhum, o Brasil que se exploda. Essa é a máxima, quase que uma regra da política brasileira. Como trabalhar em um ambiente desse?”, questionou.
Bolsonaro ainda lembrou a facada recebida em 2018 e repetiu que é “imorrível”.
“Tentaram me tirar de combate, mas eu sou imorrível, além de dois I’s que eu não vou citar aqui”. Em outras ocasiões, ele disse ser “Imorrível, imbrochável e incomível”.
Também repetiu que se sente como “um prisioneiro sem tornozeleira eletrônica”, mas que sua missão é “tentar mudar o Brasil”.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Victor Godoy, se esquivou das acusações de esquemas de corrupção no Ministério da...

Suspeito de ataque com drone em evento Lula-Kalil é preso pela segunda vez

O agropecuarista Rodrigo Luiz Parreira, acusado de ser um dos autores do ataque com drone durante evento do pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula...

PEC das Bondades: Relator recua, mantém estado de emergência e Câmara votará texto do Senado

O relator da PEC das Bondades na Câmara, deputado Danilo Forte (União Brasil-CE), voltou atrás nesta terça-feira, 5, e não vai mais propor alterações...