Com evento híbrido, festival apresenta filmes de 27 países africanos

Premiado no Festival de Toronto, o filme sul-africano Boa...

Senado aprova inclusão de representantes comerciais no Simples

O Senado aprovou hoje (6) um projeto de lei...

Fome atingiu 828 milhões de pessoas em 2021, mostra relatório da ONU

O total de pessoas afetadas pela fome em todo...

Diretor do Mineirão opina sobre estádio de Betim: ‘Jogada de comunicação’

Diretor do Mineirão, Samuel Lloyd disse em entrevista ao...

Atriz de ‘Doutor Estranho’ e esposo são presos por abuso sexual infantil

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Condenados por abusos sexuais contra crianças, a atriz britânica e Zara Phythian e o marido, o instrutor de artes marciais Victor Marke, foram presos nesta segunda-feira após a divulgação da sentença pela corte de Nottingham Crown, na Inglaterra. Phythian foi condenada a oito anos de prisão e o marido a 14, de acordo com o jornal  O Globo.

A atriz, que participou do filme “Doutor Estranho”, estrelado por Benedict Cumberbatch, em 2016, é acusada de abusar sexualmente de uma vítima durante os anos de 2003 e 2005, quando a adolescente tinha entre 13 e 15 anos. O marido também cometeu crimes sexuais contra essa mesma pessoa, além de abusar sozinho de outra menor de idade. Phythian e Victor Marke foram considerados culpados por 14 e 18 crimes sexuais, respectivamente.

Uma das vítimas informou à Justiça que o casal roubou sua “inocência” e “corrompeu” seu desenvolvimento. Hoje adulta, ela conta que sabia que a situação era errada, mas não conseguia se libertar do contexto de abusos.

“Eu sabia que era errado, mas não sabia como sair da situação, nem dizer nada. Eu apenas fiz o que eles me pediram para fazer. Eles fizeram parecer que eu era um garota travessa e eles estavam me ajudando. Senti que não havia saída. Disseram-me para não falar nada”, revelou a vítima em comunicado, acrescentando que planejava “morrer com minha vergonha”, guardando segredo sobre o caso, mas mudou de ideia quando se tornou mãe recentemente.

Durante depoimento , Marke admitiu atividade sexual com uma das jovens, mas alegou que ela tinha 18 anos na época. Ele defendeu que o crime aconteceu em apenas uma ocasião e disse que Phythian não estava envolvida. A atriz, por sua vez, negou qualquer tipo de atividade sexual com a menor.

O casal se conheceu quando Marke se tornou o instrutor de artes marciais de Phythian. Eme seguida, ela passou a ter uma carreira de sucesso nas lutas, como dublê e atriz.
 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Especulação imobiliária e violências ameaçam terreiro de candomblé em Brumado

O sacerdote de matriz africana Pai Dionata de Xangô buscou a delegacia de Brumado duas vezes esta semana para registrar violências e atos...

Bahia registra 17 mortos e 4.780 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.780 casos de covid-19, 2.586 recuperados e 17 óbitos confirmados. Os dados são do boletim epidemiológico desta...

Filho do jornalista José Maria Trindade, médico Vitor Trindade morre aos 27 anos

Morreu, nesta quarta-feira (6), aos 27 anos de idade, o médico Vitor Procopio Trindade, filho do jornalista José Maria Trindade. O pai é...