TJ-BA derruba liminar e determina retomada de licitação de ampliação da Ceasa

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia...

Brunna desabafa após ida de Ludmilla para a Europa e cobrança de fãs

Esposa de Ludmilla, Brunna Gonçalves se pronunciou sobre a...

Oposição faz as contas da PEC Eleitoral e ainda crê vencer no 1º turno

A oposição já jogou a toalha e dá como...

Danilo Gentili declara apoio a Léo Lins após demissão do SBT

Léo Lins foi demitido do SBT após viralizar um...

Aras expõe no WhatsApp pedido de Guedes para não depor à PF

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O procurador-geral da República, Augusto Aras, publicou, sem querer, uma mensagem em que recebeu um pedido para dispensar o depoimento do ministro da Economia, Paulo Guedes, à Polícia Federal. O conteúdo foi divulgado no status do magistrado no Whatsapp, onde as publicações ficam disponíveis por 24 horas. Ele apagou alguns minutos depois. Na mensagem, um interlocutor pede que Aras receba o advogado de Guedes para tratar do assunto. “Seria possível receber o advogado do Paulo Guedes, dr. Ticiano Figueiredo por 5 minutos? Assunto: possível dispensa de Paulo Guedes, junto à PF, em processo investigativo contra Renan Calheiros”, diz o texto. O PGR, então, responde: “Sim. Falaremos por celular e ajustaremos”.

Em nota, a Procuradoria-Geral da República confirmou o teor das mensagens e afirmou que “trata-se de pedido de audiência recebido pelo procurador-geral da República com resposta indicando que seriam tomadas as providências para checar a viabilidade de futura agenda.” Guedes foi intimado a depor no inquérito que investiga o senador Renan Calheiros por supostas fraudes no fundo de pensão dos Correios. No último dia 12, a defesa do ministro pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão da oitiva.

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Oposição faz as contas da PEC Eleitoral e ainda crê vencer no 1º turno

A oposição já jogou a toalha e dá como derrotada na PEC Eleitoral, que será aprovada hoje na Câmara, e nos dois turnos. Uma...

CPI do MEC é criada, mas investigações será só depois das eleições

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), autorizou o pedido de instauração da CPI do MEC. A leitura do pedido foi feita na noite...

Postos anunciarão preço de combustível válido antes da redução do ICMS

A partir desta quinta-feira (7), os postos de combustíveis de todo país estão obrigados a divulgar, de forma “correta, clara, precisa, ostensiva e...