Gaviões da Fiel cobra diretoria do Corinthians e critica Vitor Pereira: ‘Discurso inadmissível’

Principal torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel...

Prazo para caminhoneiros fazerem autodeclaração para receber benefício começa nesta segunda-feira

O prazo para que transportadores autônomos de carga (TAC)...

Tiririca define candidatura à Câmara e escolhe novo número nas urnas

O humorista e deputado federal Tiririca (PL-SP) definiu que...

Após sugerir encontro com Putin, Bolsonaro ironiza: ‘Lula acabaria com a guerra na Ucrânia tomando cerveja’

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Após sugerir uma comitiva de presidente para conversar com Vladimir Putin, na Rússia, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL), ironizou uma fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmando que ele ‘acabaria com a guerra na Ucrânia tomando cerveja’. A declaração foi feita diante de apoiadores em frente do Palácio da Alvorada, em Brasília, na última segunda-feira, 2. Na ocasião, Bolsonaro criticava a fala de Lula nas manifestações de 1º de maio, nas quais culpou o atual governo pela inflação, quando debochou do petista. Bolsonaro fazia referência à recente frase de Lula sobre o conflito no Leste Europeu poder ser resolvido em uma mesa de bar.

No último domingo, Bolsonaro sugeriu às autoridades da Turquia a criação de uma comitiva de presidentes para visitar o presidente da Rússia. Em entrevista à Jovem Pan News, o ex-chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, disse que a iniciativa é louvável do ponto de vista de querer a paz, mas vê dificuldades. Para ele só seria uma ação válida se o mesmo fosse feito em relação à Ucrânia. “Um dos problemas que ela [a ideia] suscita é se haveria algum tipo de iniciativa semelhante em relação à Ucrânia. Eu acho que o Brasil tem dado demasiados sinais de estar mais próximo da Rússia do que da Ucrânia, de ter uma opção pela Rússia. Eu acho que isso é uma percepção crescente na comunidade internacional, nos países democráticos, que deveriam ser os nossos principais parceiros internacionais. A ideia de visitar o Putin pode ser mais um elemento nessa leitura”, declarou Araújo.

*Com informações da repórter Carolina Abelin

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

STF dá prazo para União e estados detalharem combate à varíola dos macacos

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) e as gestões estaduais se manifestem a...

Tiririca define candidatura à Câmara e escolhe novo número nas urnas

O humorista e deputado federal Tiririca (PL-SP) definiu que irá se candidatar à reeleição para um possível quarto mandato na Câmara dos Deputado e escolheu um novo número para...

Bolsonaro inicia campanha pela reeleição no local onde levou facada em 2018

O presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), escolheu o local exato onde levou uma facada em 2018 para fazer o seu primeiro discurso na corrida pela reeleição. Nesta...