Postos anunciarão preço de combustível válido antes da redução do ICMS

A partir desta quinta-feira (7), os postos de...

Thor ganha uma parceira no amor e na guerra

Cinco anos depois do diretor Taika Waitit conquistar...

Suspeita de cortar pênis de menino de 7 anos para castigá-lo é presa pela polícia

Uma mulher acusada de tortura contra uma criança...

Sistema Cantareira opera em alerta, com 39,1% da capacidade

O Cantareira, sistema que abastece a região da Grande...

Fábrica de aviões vai iniciar construção de sua nova unidade em Araxá

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
A Prefeitura de Araxá assinou, nesta quarta-feira (13/4), a concessão de uma área de 277.800 m², anexa ao Aeroporto Municipal, para a Desaer Desenvolvimento Aeronáutico. Com investimento inicial previsto de US$ 250 milhões e geração de 1 mil empregos diretos e indiretos, o local vai receber, em breve, o início das construções de uma fábrica de aeronaves da empresa para atender os mercados comercial, cargueiro e de defesa.
 
De acordo com o diretor-presidente da Desaer, Evandro Fileno, a expectativa é que até o final de 2024 a fábrica já esteja produzindo aeronaves para atender contratos de compras já assinados.
 
“Um dos conceitos que serviram de base para a criação do empreendimento em Araxá foi o de atrair parceiros para o Brasil, contribuindo para a geração de novos empregos no país e na região.

A perspectiva agora é incentivar a vinda de outras empresas que possam ser fornecedoras da fábrica, além de fomentar a abertura de cursos de ensino superior voltados para tecnologia”, complementou Fileno.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, viabilizar a vinda da Desaer em Araxá vai favorecer não apenas a economia local, como também o desenvolvimento tecnológico.

“É um marco para o município ter um grande investidor, sobretudo, na área de inovação, que é uma das apostas da atual administração, como forma de atrair novas empresas e estimular a qualificação da mão de obra local”, destacou.

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasil deve ter a maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos

A temporada de cruzeiros 2022/2023 deverá ser a maior dos últimos dez anos, segundo estimativa da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil, sigla...

Fome atingiu 828 milhões de pessoas em 2021, mostra relatório da ONU

O total de pessoas afetadas pela fome em todo o mundo aumentou em 150 milhões desde o início da pandemia do novo coronavírus, alcançando...

Alexandre Ywata é o novo secretário especial de Produtividade

O novo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia será Alexandre Ywata. A nomeação pelo ministro Paulo Guedes foi publicada hoje...