Relação de gestores com contas reprovadas pelo TCE-BA tem 543 nomes; veja lista

Entre os gestores baianos, 543 deles estão na...

Na 5ª colocação, técnico do Londrina se mantém confiante no acesso: ‘Vamos jogo a jogo’

Atualmente na quinta colocação da Série B, com...

Jequié: PM apreende cerca de 130 quilos de maconha em bagageiro de ônibus turístico

128 tabletes de maconha foram apreendidos na noite...

DF tem 116 casos confirmados de monkeypox, aponta Secretaria de Saúde

O Distrito Federal tem 116 casos confirmados de monkeypox...

Neoenergia Coelba promove a regularização de comunidade localizada em Ilhéus

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A Neoenergia Coelba concluiu, neste mês, um projeto que proporcionará maior segurança e qualidade de vida para cerca de 300 famílias que residem no Residencial Bosque Verde, no Bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus. Para realizar a iniciativa, a distribuidora executou obras de expansão da rede elétrica e regularizou o fornecimento para os moradores que consumiam energia por meio de ligações clandestinas. Uma vez regularizados, os clientes passarão a ter acesso aos programas sociais da concessionária e a contar com comprovantes de residência.

O atendimento à Comunidade Residencial Bosque Verde ocorreu após um amplo planejamento da empresa. O projeto consistiu na construção de uma rede de distribuição que conta com aproximadamente dois mil metros de extensão e 60 postes. A obra produzirá um aumento significativo na qualidade do fornecimento de energia e, principalmente, da segurança da população

Além da ampliação na rede, a regularização de clientes permite aos usuários que utilizavam a energia elétrica de forma irregular a pertencer à base de consumidores da empresa. Esses novos clientes poderão ter acessos a programas como a Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede a clientes baixa renda descontos de até 65% na fatura de energia, e a iniciativas como o Projeto Energia com Cidadania, que prevê a troca de lâmpadas convencionais por LED, mais eficientes.

“O projeto permitirá diversos benefícios aos novos clientes, além de aumentar significativamente a segurança para todos os moradores da comunidade Residencial Bosque Verde. A fatura de energia também será o primeiro comprovante de residência para muitas famílias da comunidade, documento necessário para abertura de crédito e outros serviços”, comenta o gerente de Gestão da Receita, Rodrigo Almeida.

A Neoenergia Coelba reforça que as ligações clandestinas colocam a vida da população em risco e prejudicam o fornecimento de energia da região, podendo causar interrupções nas localidades. Além disso, o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Relação de gestores com contas reprovadas pelo TCE-BA tem 543 nomes; veja lista

Entre os gestores baianos, 543 deles estão na lista divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA), nesta segunda-feira (15), com contas reprovadas. O período das...

Barreiras: PRF prende foragido da justiça na BR-242; o homem era procurado por estupro

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu neste domingo (14), na BR-242, em Barreiras, um homem que era procurado pela justiça, após ser preso em flagrante por estupro. Segundo...

Seabra: Caminhoneiro é preso ao ser flagrado com sinais de embriaguez ao volante

Um caminhoneiro foi preso na noite deste domingo (14) quando passava em um trecho da BR-242 de Seabra, na Chapada Diamantina. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na...