Boris Johnson é pressionado a deixar liderança do Partido Conservador do Reino Unido

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, é pressionado a renunciar...

Walter Casagrande deixa a Rede Globo após 25 anos: ‘Alívio para os dois lados’

Walter Casagrande Júnior anunciou nesta quarta-feira, 6, que está...

Senado autoriza projeto que garante IPVA zero para motos de até 170 cilindradas

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (6)...

Horóscopo de 7/7: veja previsões para esta quinta-feira

Data estelar: Lua quarto crescente em Libra. O olhar...

Mãe e outras três pessoas são presas por estupro de uma criança de 9 anos em Bertópolis/MG

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Quatro pessoas foram presas na operação da Polícia Civil, que apuram o estupro de uma criança de 9 anos.

A Operação Tofete foi realizada na cidade de Bertópolis, na manhã desta segunda-feira (07).

As investigações apontam que a vítima sofreu vários abusos sexuais por parte dos envolvidos, além de ter sido molestada pelos irmãos e vizinhos, todos menores de idade. A mãe da criança (36 anos), o companheiro dela (48 anos) e o pai dele (81 anos) são suspeitos do crime. Outro homem (48 anos) também estaria envolvido.

Segundo a polícia, a criança viviam na casa com a mãe e o padrasto, que é acusado de abusar da menina, junto com o pai dele. O outro suspeito também estuprou a criança e chegou a ser flagrado com a vítima pela mãe dela.

As investigações apuraram ainda que a criança, juntamente com seus irmãos, era constantemente exposta às práticas sexuais da mãe com seus companheiros. Além disso, ela era constrangida a reproduzir os atos com os irmãos, sendo eles estimulados a fazerem o mesmo com a irmã.

De acordo com a polícia, em outubro de 2021 os menores foram entregues ao Conselho Tutelar de Bertópolis pela própria mãe, alegando que não tinha condições de cuidar dos filhos.

Quando se sentiu segura com a família acolhedora, ela contou para a responsável sobre todos os abusos que sofreu quando morava com a mãe. A partir disso, a Polícia Civil instaurou um inquérito e pediu a prisão dos autores.

“Todos os filhos foram retirados da convivência com a mãe e a Polícia Civil tomou conhecimento dos fatos por meio da Rede de Proteção de Crianças e Adolescentes com a informação do Conselho Tutelar”, explicou o delegado responsável pelo caso, Lucas Damas.

Durante a operação foram cumpridos quatro mandados de prisão. Todos os investigados presos foram encaminhados ao sistema prisional.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Professor do Colégio Eraldo Tinoco de Alcobaça é acusado de abusar de aluna

A direção do Colégio Estadual Eraldo Tinoco, em Alcobaça, informou que vai investigar as denúncias de assédio sexual contra um professor de matemática. Por meio de...

Mulher é presa suspeita de oferecer filha de 14 anos para prostituição

Uma mulher de 35 anos foi presa nesta terça-feira (1º) suspeita de oferecer a filha adolescente, de 14 anos, para prostituição em Paraibuna, no interior...

Padrasto que beijou enteada de 6 anos é morto à tiros

Rosinaldo Andrade Messias (41 anos) foi morto à tiros, numa ação que ainda está sendo apurada pela polícia. O motivo teria sido um vídeo...