Monark defende Léo Lins após demissão do SBT: “Sociedade censurada”

Monark se pronunciou sobre a demissão de Leo Lins...

Instagram desmente boato de que vai exibir quem visitou o perfil

O Instagram informou, nesta segunda-feira (4/7), que a suposta atualização...

Caixa: ‘Pedro Guimarães tem artilharia contra Bolsonaro, mas não vai usar’

"O Palácio do Planalto já foi avisado de que...

Tempo seco e frio predomina em Minas nesta terça-feira (5/7)

O tempo seco e frio atinge várias regiões de...

Variante Ômicron representa mais de 76% dos casos de coronavírus na Bahia

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, por meio de sequenciamento genético, 49 amostras da variante Ômicron no estado. Esse total representa 76,5% dos 64 sequenciamentos realizados em amostras coletadas no mês de janeiro. Além da identificação da Ômicron, foram detectadas 12 amostras da variante Delta e as outras três ainda estão em análise.

Os casos foram identificados nos municípios de Adustina, Belmonte, Cândido Sales, Dias D’Ávila, Eunápolis, Feira de Santana, Firmino Alves, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itiruçu, Lauro de Freitas, Prado, Rui Barbosa, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Santo Antônio de Jesus, Uibaí e Vitória da Conquista. São 21 homens e 28 mulheres, sendo o mais novo com 5 meses e o mais velho com 87 anos.

A secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, alerta que “o avanço da Ômicron tem provocado crescimento expressivo do número de casos ativos, atualmente em mais de 13 mil, ante uma média de 2 mil casos entre os meses de setembro e novembro do ano passado”, afirma.

Em paralelo ao crescimento do número de casos, há uma tendência de elevação nas hospitalizações, sobretudo, em pacientes que não se vacinaram ou que estão com esquema vacinal incompleto. “Hoje a Bahia tem mais de 1,8 milhão de pessoas que sequer tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Além disso, 4,6 milhões de baianos estão com esquema vacinal incompleto por não tomarem a segunda e terceira dose”, ressalta a secretária Tereza Paim, ao pontuar a necessidade de manter medidas de proteção como uso de máscaras e distanciamento físico.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jaguaquara e Maracás voltam a exigir uso de máscaras em escolas e unidades de saúde

Os municípios de Jaguaquara e Maracás, no Vale do Jiquiriçá, voltaram a exigir máscaras em unidades de saúde e escolas. A medida passa...

Motociclista fica ferido após colisão entre Vitória da Conquista e Anagé

Um motociclista ficou ferido após uma colisão com um veículo ocorrida na manhã deste domingo (3) em um trecho da BA-262, entre Vitória...

Ô Bahia: História, cultura, tecnologia e o renascimento do Castelo Garcia D’Ávila

Castelos são pontos turísticos importantes em todo o mundo, sendo atrações para milhões de turistas e sede de milhares de eventos todos os...