Líder da oposição considera “boa notícia” eventual demissão de Boris

Em comunicado, Starmer considerou que o Reino Unido "não necessita...

SAJ: Foragido por roubos é preso após ser flagrado pelo Reconhecimento Facial

Um acusado de roubos em Santo Antônio de...

Copa 2 de Julho chega as oitavas de final nesta quinta-feira

A Copa 2 de Julho chega às oitavas...

TJ-BA derruba liminar e determina retomada de licitação de ampliação da Ceasa

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia...

Tenista número um do mundo será deportado da Austrália por não ter se vacinado contra a covid-19

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Aos 34 anos de idade, Novak Djokovic é o tenista número 1 do mundo e o primeiro jogador da história do tênis a passar a marca de US$ 100 milhões em faturamento com premiação por performance em quadra. É pouco dizer que o sérvio é um dos melhores tenistas da história, no entanto, o ídolo emprestou seu prestígio ao negacionismo em tempos de pandemia e está pagando por isso. 

Djokovic perdeu neste domingo (16) recurso na justiça e não vai disputar o Austrália Open. Será deportado (banido, expulso) do país. A maioria dos australianos torceu por esse resultado, já que foram submetidos à rigorosos protocolos.

O país foi um dos mais rígidos na adoção de protocolos contra a propagação e contágio da covid-19, inclusive, quem não se vacina é proibido de circular e entrar em empresas e restrito de várias ações no país.

Novak Djokovic e deportado da Australia por nao se vacinar 1
Novak Djokovic não se vacinou e é acusado de fraudar documentos sobre critérios de saúde

ENTENDA O CASO – Novak Djokovic está fora do Aberto da Austrália. O tenista sérvio foi julgado neste domingo (15) e viu a justiça australiana rejeitar o recurso de sua defesa e manter a suspensão do visto de entrada no país. A decisão aconteceu em uma sessão extraordinária, em Melbourne.

Agora, o atual campeão do torneio será deportado da Austrália. Além disso, Djokovic terá de arcar com os custos do processo, de acordo com o juiz James Allsop. A decisão foi divulgada no começo da noite na Austrália, depois de quase nove horas de julgamento.

Djokovic entraria em quadra nesta segunda-feira para enfrentar o compatriota Miomir Kecmanovic pela primeira rodada do Aberto da Austrália. O cronograma do primeiro Grand Slam da temporada 2022 havia sido confirmado pouco antes da decisão da justiça australiana. O atual número 1 do mundo buscaria seu 21º título de Grand Slam.

Na última sexta-feira (14), o ministro da Imigração, Cidadania, Serviços a Imigrantes e Relações Multiculturais da Austrália, Alex Hawke, usou o seu poder pessoal para cancelar o visto do tenista. A defesa de Djokovic, então, entrou com um recurso para que ele pudesse permanecer no país e disputar o torneio.

Novak Djokovic e deportado da Australia por nao se vacinar 2
Novak Djokovic será deportado da Austrália, após decisão do ministro da imigração em cancelar seu visto

Djokovic entrou na Austrália no dia 5 de janeiro, sem se vacinar, alegando que testou positivo para covid-19 em 16 de dezembro. Ao desembarcar no aeroporto, ele foi parado pela polícia alfandegária por não apresentar todos os documentos necessários para justificar a entrada no território australiano.

Desta forma, o tenista passou a noite separado de sua equipe em uma sala do aeroporto de Melbourne e depois foi encaminhado para um hotel onde ficou confinado. Djokovic teve o visto inicialmente cancelado por representar risco para a saúde pública, mas entrou na Justiça e ganhou o direito de entrar no país. Neste sábado, horas antes da audiência derradeira, ele foi novamente detido e levado para o hotel.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mortes por covid passam de 655 mil no País; média móvel é a menor em 2 meses

Com 146 novas mortes por covid-19 registradas nas últimas 24 horas, o total de vítimas da doença chegou neste domingo, 13, a 655.139 no...

Covid-19: Brasil registra 29,3 milhões de casos e 655 mil óbitos

O Brasil acumula 29,3 milhões de casos confirmados de covid-19 e 655 mil mortes, segundo boletim epidemiológico divulgado neste domingo pelo Ministério da Saúde....

Vacinação contra a Covid-19 retorna nesta segunda-feira em Salvador; veja detalhes

A vacinação contra a Covid-19 desta segunda-feira (14), em Salvador, acontecerá das 8h às 16h e aplicará a 1ª dose da CoronaVac em crianças...