Bolsonaro: ‘Paulo Guedes merece o prêmio Nobel de economia’

Jair Bolsonaro (PL), em sua visita a Juiz de...

COVID: PBH vacina crianças de 4 anos e de 3 com imunossupressão

A Prefeitura de Belo Horizonte vacina crianças imunossuprimidas de...

Argentina reduz subsídios e aumenta contas de luz, gás e água

O governo da Argentina anunciou nesta terça-feira, 16, a...

TSE amplia prazo para inspeção de código-fonte das urnas eletrônicas e autoriza inclusão de militares para análise

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou uma medida que...

Azul suspende venda de passagens em Teixeira de Freitas por falta de infraestrutura

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A partir de março de 2022 está suspensa a venda de passagens de voos partindo ou chegando em Teixeira de Freitas.

O motivo, segundo informou a empresa, “é a falta de infraestrutura no aeroporto, não equipado com dois importantes instrumentos de auxílio à navegação aérea. Ambos não comprometem a segurança do voo, no entanto, podem impactar a operação em caso de mau tempo”, é a nota.

O aeroporto não oferece o IFR-IMC (procedimento que permite a operação dos voos mesmo em condições meteorológicas adversas) e o PAPI (sistema de luzes que provê auxílio visual da cabeceira da pista).

“Com a ausência desses instrumentos, a Azul sofre com a regularidade de seus voos, sendo obrigada a alternar ou cancelar operações em Teixeira de Freitas, sempre em condições meteorológicas adversas. A decisão de suspender a venda de voos, a partir do ano que vem, é uma maneira da empresa solicitar as autoridades locais e à administração aeroportuária a adequação e certificação do aeroporto junto à ANAC, como medida de interromper a atual decisão”, explicou a companhia.

Gerente de planejamento de malha da empresa, Vitor Silva, disse que “a segurança é o primeiro e inegociável valor da Azul, então, é preciso atuar dentro de um rigoroso padrão de segurança operacional, principalmente, em condições meteorológicas degradantes, o que aumenta o risco num aeroporto que não conta com a infraestrutura adequada. Em razão disso, o Aeroporto 9 de Maio de Teixeira de Freitas tem a regularidade de voos comprometida”, destacou.

Não são raras as vezes os voos são cancelados ou alternados, gerando altos custos para a empresa e para o próprio cliente.

A decisão de suspender as vendas, até que essas melhorias e certificações aconteçam, pode permitir, inclusive, que melhoramento da performance e até da disponibilidade de aeronaves maiores.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ônibus à serviço da Prefeitura de Teixeira de Freitas abandona 25 venezuelanos em Vitória

Um grupo de 25 venezuelanos da etnia indígena Warao foi deixado perto da Rodoviária de Vitória, na madrugada desta terça-feira (16), por um ônibus da Prefeitura de Teixeira de Freitas, cidade...

Governo da Bahia inaugura nova sede do Colégio da Polícia Militar de Teixeira de Freitas

Uma das maiores escolas da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul, foi inaugurada pelo Estado da Bahia nesta segunda-feira (8), no bairro Monte Castelo. A nova sede do...

Notificado primeiro caso suspeito da nova varíola em Teixeira de Freitas

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica, A notificação aconteceu na tarde desta segunda-feira (08). O caso suspeito da nova varíola...