::Primeirojornal::



Presos pastores da Igreja Maranata

O presidente, um ex-presidente e dois pastores da Igreja Maranata foram presos na manhã desta última terça-feira (12), pelo Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Polícia Federal em uma ação do Ministério Público Estadual.
Pastores da Maranata presos

O pastor Carlos Itamar Coelho e Elson Pedro dos Reis, atual presidente da igreja, foram levados para o Departamento Médico Legal (DML) antes de serem encaminhados para a prisão. De acordo com a denúncia do MPES, eles são suspeitos de coagirem testemunhas e autoridades que participam da investigação de crimes envolvendo a cúpula da Maranata.

Também foram presos o pastor Amadeu Loureiro Lopes e Gildeti Gueiro, o ex-presidente e fundador da igreja Maranata. Gildeti foi mantido em prisão domiciliar devido à sua idade avançada e à problemas de saúde. Durante a operação ainda foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão.

De acordo com Ministério Público, há fortes indícios de que os quatro pastores têm interferido nas investigações iniciadas pela operação “Entre Irmãos”, deflagrada em novembro do ano passado. A operação apurou o desvio de doações de dízimos. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos e integrantes da cúpula da igreja foram presos. Os líderes são suspeitos de estelionato, tráfico de influência e lavagem de dinheiro, entre outros crimes.

A Igreja Cristã Maranata informou em nota que está tomando conhecimento de todos os detalhes da operação para depois se manifestar sobre o assunto.

Batepapo

 

Contato

(73) 9939-6580 - OI

(73) 9989-6889 - VIVO

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Mantido e desenvolvimento por GTEC Soluções e Serviços