Ex-namorada de Rafael Miguel após prisão do pai: “Preciso de espaço”

Isabela Tibcherani usou as redes sociais para falar sobre...

Quina: Caixa sorteia R$ 5,5 milhões nesta segunda-feira (16/5)

A Caixa sorteia nesta segunda-feira (16/5) o concurso 5854...

Bolsonaro diz que ‘parlamentar gordinho’ cobrou apoio por cargos no governo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta segunda-feira (16/5),...

Cássia espera 100 mil fiéis para inauguração do Santuário de Santa Rita

A cidade de Cássia, no Sudoeste de Minas, se...

Governador se reúne com prefeitos de municípios atingidos pelos temporais

Publicado em:

COMPARTILHE ESSE ARTIGO:

O governador Rui Costa se reuniu, em videoconferência, nesta sexta-feira (10), com prefeitos dos municípios do Sul e Extremo Sul baianos que vêm sofrendo com as fortes chuvas. Secretários de Estado também participaram do encontro, que serviu para fazer um diagnóstico detalhado dos problemas que as cidades estão enfrentando e reforçar o suporte que o governo estadual já começou a oferecer por meio de uma força-tarefa.

Reunião virtual com prefeitos e Rui Costa

Entre os 21 prefeitos ouvidos estavam Jânio Natal, de Porto Seguro; Manrick Teixeira, de Vereda; Marcelo Belitardo, de Teixeira de Freitas; Adalberto Pinto, de Medeiros Neto; Arivaldo Costa, de Jucuruçu; e Marcelo Angênica, de Itamaraju. Na reunião, os participantes sinalizaram problemas como falta de abastecimento de energia elétrica e água, além de dificuldade de resgate de pessoas que se encontram ilhadas em suas residências.

“Nivelamos as informações das ações do Estado, ouvimos todos os presentes e vamos manter uma reunião diária emergencial com toda a equipe de governo e municipais para tomar as providências. Já conseguimos, em vários locais, fazer resgates de muitas pessoas doentes e mulheres grávidas. Onde o abastecimento de água foi interrompido e é possível ter acesso, a Embasa está enviando caminhões-pipa”, citou Rui Costa.

Rui Costa em reunião com prefeitos do extremo sul da Bahia

O governador lembrou que os temporais atingem quase todo o estado da Bahia, mas a situação mais crítica é no Extremo Sul, principalmente em Jucuruçu e Itamaraju, no distrito de Nova Alegria. “Estas regiões estão, praticamente, embaixo d’água. A prioridade é tirar as pessoas de áreas de risco, mas, infelizmente, as condições do tempo estão limitando as ações aéreas”, explicou.

Aos moradores dos locais mais afetados, ele pediu que se abriguem em áreas mais altas e solicitem ajuda diante do alerta de mais chuvas e vazão de água nas áreas ribeirinhas: “Faço um apelo para que as pessoas que estão próximas de rios e riachos saiam das suas casas e vão para regiões mais altas. Esses rios e algumas barragens vão soltar mais água. Recebemos um alerta da Chesf, que opera a barragem de Pedras, em Jequié, afirmando que, até amanhã, vai soltar um volume grande de água. Faço este alerta para que as prefeituras e órgãos de defesa civil e assistência social retirem as pessoas dessas localidades o mais rápido possível”.

Maquinário do Construir atuando na recuperação das estradas interditadas pelas fortes chuvas

A força-tarefa realizada pelo Governo do Estado desde a última quarta-feira (8) envolve a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), o Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) e a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), entre outros órgãos estaduais.

Helicóptero da Polícia Militar da Bahia em Prado

Aeronaves, barcos, botes e caminhonetes estão sendo utilizados para dar socorro aos moradores das comunidades alagadas. A distribuição de cestas básicas, cobertores, lonas e medicamentos é feita de acordo com o diagnóstico previamente feito pelo Estado e municípios.

A edição desta sexta-feira (10) do Diário Oficial do Estado traz a publicação de um decreto de situação de emergência em 24 municípios afetados pelas fortes chuvas em diferentes regiões da Bahia. A medida determina que todos os órgãos estaduais devem se mobilizar, no âmbito de suas competências, para apoiar as ações de socorro às cidades. O decreto tem validade de 90 dias.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Paulo Afonso: Homem morre após golpe de companheira; mulher alega legítima defesa

Um homem foi morto com um golpe de faca em Paulo Afonso, na divisa com Sergipe e Alagoas. Conforme a Polícia Civil local, Clécio...

Vitória se acerta com Nildo Petrolina, mas negócio depende de liberação da Juazeirense

O Vitória já tem um acordo com meia Nildo Petrolina, da Juazeirense, segundo apurou o Bahia Notícias. As duas partes se acertaram, mas ainda tem...

Feira de Santana: Polícia prende dupla acusada de matar dono de casa de carne

Dois acusados de matar um comerciante em Feira de Santana foram presos pela Delegacia de Homicídios (DH) da cidade. Outro suspeito ainda é procurado....