Matheus Vidal é considerado um fenômeno do highline e também é um artista de circo que se equilibra para sobreviver. Mesmo com a falta de trabalho e de apoio em tempos de pandemia, o baiano entrou mais uma vez para a história do esporte ao quebrar o recorde brasileiro da modalidade. Ele esticou um fita de 1km entre duas montanhas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Magé-RJ, e conseguiu atravessar em 48 minutos.

Aos 26 anos, é recordista mundial do highline, sendo o mais rápido na travessia de 100 metros (47s), percorrendo a maior distância no escuro (1220 metros) e de resistência (6km em 2h47).
Desde 2019, Matheus vive em uma Kombi que comprou com o dinheiro que ganhou fazendo apresentações em semáforos. O baiano veio de longe para o Rio de Janeiro para fazer história nas montanhas de Magé.

Reportagem: Esporte Espetacular/Rede Globo de Televisão

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos