A 10ª Conferencia Municipal de Desenvolvimento Social aconteceu nesta quinta-feira (18) no auditório da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FACISA/CESESB)
A realização foi da Prefeitura Municipal de Itamaraju, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.
Fabiana Angênica (Secretária de Desenvolvimento Social de Itamaraju)
O evento destacou o tema central do serviço público de atenção social, enfatizando a “Assistência Social, Direito do Povo e Dever do Estado, com Financiamento Público, Para Enfrentar as Desigualdades e Garantir a Proteção Social”.
O tema foi apresentado pela palestrante, Rita de Cassia Santana, assistente social, professora, mestre em política social (UnB/Brasília-DF), doutora em política social (UnB/Brasília-DF), especialista em micropolítica da gestão e trabalho em saúde (UFF/RJ), especialista em psicopedagogia (UNIBAN/SP), especialista em serviço social hospitalar (UNIFESP/SP) e Psicanalista/Terapeuta Familiar (Universidade de Lanus-Buenos Aires).
Rita de Cassia Santana (a palestrante)
Como foco principal, a palestrante destacou a atenção necessárias às famílias vivendo em vulnerabilidade social, a gestão compartilhada baseada na participação popular para autonomia da gestão municipal, a divisão de responsabilidades e o cofinanciamento entre as esferas de governo e sociedade civil.
Também foram discutidos debates articulados em 5 eixos, afim de formalizar propostas para aperfeiçoamento das políticas assistências elegendo, em seguida, delegados para participação na conferencia estadual.
O evento contou com as presenças Marcelo Angênica (Prefeito), Dalvadisio Lima (Vice-Prefeito), Fabiana Angênica (Secretária de Desenvolvimento Social), Tenente PM Amaral (representando a 43ª Companhia de Policia Militar), Léo Oss (Secretário de Administração), Selmides Bida (Secretário de Governo), José Ferreira (Secretário de Educação), Antônio Charbel (Secretário de Obras), Fabio da Minas (Secretário de Saúde), vereadores, população, profissionais de saúde e representantes de instituições civis.
Tendo vista o momento pandêmico, o evento seguiu os protocolos sanitários, com limite de público, uso de máscaras e higienização das mãos com álcool.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos