Garota encontrada morta em Cumuruxatiba pode ter sido vítima de crime sexual

0
2309
COMPARTILHE ESSE ARTIGO:
Erika Rodrigues Batista (18 anos) foi encontrada morta na manhã deste domingo (22) na Praia do Rio do Peixe Grande, em Cumuruxatiba, distrito do município do Prado.
A garota foi encontrada sem roupas na parte de baixo e com marcas no pescoço. As primeiras suspeitas apontam para estupro, seguido de morte, principal linha de investigação policial.
Exames de necropsia identificaram marcas de violência, compatíveis com morte por asfixia (causadas em situações de esganadura) e violência sexual.
ENTENDA O CASO – Erica é moradora do bairro São Lourenço, em Teixeira de Freitas, de onde saiu – ao lado do namorado e outros quatro amigos – para um final de semana, acampados à beira-mar.
Na noite de sábado (21), ela e outra amiga saíram para curtir a noite, regada à bebida alcoólica. No retorno, as duas teriam se desencontrado. A amiga conseguiu retornar sozinha ao acampamento e, justificando estar embriagada, seguiu direto para a barraca do acampamento.
A ausência da vítima, segundo os parceiros, só foi percebida na manhã do dia seguinte, pouco tempo antes dela ser encontrada já sem vida.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário