Bruno da Silva Matos, Diogo da Silva Matos e Solon da Silva Matos foram mortos nesta quarta-feira (28) em confronto com a Polícia Militar em Anagé, no sudoeste baiano.
Um quarto suspeito de 32 anos conseguiu fugir. A Polícia informou que socorreu os três ao hospital (veja o vídeo), no entanto, eles não resistiram. Todos possuíam mandado de prisão em aberto.
A polícia chegou até eles através de denúncia. Os três estavam escondidos, próximo ao rio Gavião, onde ocorreu o tiroteio.
Esses ciganos fazem parte da lista de dez suspeitos de envolvimento com o assassinato do tenente Luciano Libarino Neves (34 anos) e do soldado Robson Brito de Matos (30 anos), enquanto trabalhavam, na terça-feira (13), em José Gonçalves, na zona rural de Vitória da Conquista.
De acordo com a denúncia, o grupo cercou os policiais e atirou contra eles. A polícia investiga a motivação do crime.
Com eles foi encontrada a pistola ponto 40, que pertencia ao Tenente Neves, um dos policiais assassinados em José Gonçalves.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos