Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, no dia em que foi preso, no Ceará
A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, analisou questões processuais, sem juízo ao mérito da questão, em que o Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, é acusado dos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria contra Pamella Holanda.
O ministro rejeitou nesta quinta-feira (28) pedido de liberdade porque o autor do pedido não apresentou documento comprovando que o processo foi autorizado pelo artista. Citou ainda o fato de não analisar a ação porque há outro pedido de liberdade em análise por outra instância da justiça.
A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Ceará informou que, DJ Ivis está sendo mantido numa área de triagem do presídio Irmã Imelda Lima Ponte, como garantia de sua integridade física, dada a repercussão do caso.
Agressões filmadas: As agressões praticadas por DJ Ivis vieram à tona depois que a vítima, Pamella Holanda, publicou vídeos dos episódios nas redes sociais. Nas imagens, ela aparece sendo agredida física e psicologicamente de diversas formas pelo cantor e ex-marido.
A violência acontece na frente da filha do casal, da mãe de Pamella e de um funcionário do produtor musical. As imagens foram divulgadas por ex-mulher no dia 11 de julho.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos