Servidores públicos de Caravelas que vão atuar na coleta de informações turísticas do município
As duas ferramentas são importantes para mapear o trade turístico (que inclui hotéis, pousadas, lanchonetes, agências e empresas de transporte e passeios turísticos).
A iniciativa visa preparar o município para o período pós-pandemia, quando o setor estará mais aquecido. A partir dessa perspectiva e oportunidade de negócios, os destinos mais organizados e com melhor infraestrutura vão despontar no segmento.
Segundo a Secretária de Turismo, Ticiana Siquara, “o envolvimento dos representantes desse setor é fundamental para organizar e fortalecer o segmento turístico de Caravelas”, destaca.
CADASTUR – É o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), no âmbito do Ministério do Turismo, para manter informações de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor turístico. É obrigatório para Meios de Hospedagem, Agências de Turismo, Transportadoras Turísticas, Organizadoras de Eventos, Parques Temáticos, Acampamentos Turísticos e Guias de Turismo-MEI (Microempreendedor Individual).
INVENTÁRIO TURÍSTICO – Tem a mesma finalidade do Cadastur, porém para manter atualizados os cadastros do município. Os dois estão sendo coletados, simultaneamente, a partir da próxima quarta-feira (07).

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos