Amigos e colegas de profissão fazem homenagem em memória de Mário Lúcio

Emocionados, radialistas e jornalistas manifestaram grande pesar pela partida de Mário Lúcio, com morte confirmada na última quarta-feira (31), depois de lutar vários dias contra a covid-19.
Com sintomas da doença, chegou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Teixeira de Freitas com 80% dos pulmões comprometidos. No dia seguinte foi transferido para o Hospital de Campanha para ser intubado, de onde saiu morto.
Sua trajetória de vida e seus laços de amizade precedem à memória que o radialista deixou nesse plano terreno. Que Deus o receba de braços aberto e possa confortar todos que sentem profundamente sua perda.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos