A moção foi apresentada e aprovada por unanimidade na primeira sessão legislativa de 2021 da Câmara de Vereadores de Prado, realizada nesta terça-feira (09).
O autor, Doutor Wanderson, justificou que a moção atende à comoção dos pradenses, após o acidente, ocorrido na BA-489, proximidades da Taboal Madeiras, que tirou a vida de Alan Fernandes (39 anos), no dia 21 de janeiro deste ano.
O ACIDENTE – Uma caminhonete (Toyota/Hilux, ano 2014, cor prata, placa OVI-3D33, de Vitória/ES), conduzida por Nilton Santos Duque, transportava uma tábua de madeira, com vários metros pra fora da caçamba do veículo, sem sinalização. O motorista deu ré no carro, colocando em risco à vida de várias pessoas que passaram pelo local.
Um deles não conseguiu desviar e acabou atingido na cabeça. Alan Fernandes estava conduzindo uma moto (Suzuki/Yes, cor preta, ano 2008, placa HHO-2207, de Prado/BA), quando foi arremessado vários metros, com fraturas na cabeça.

.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

SEJA UM PARCEIROWhatsApp do PrimeiroJornal (73) 99989-6889
Você repórter, seu espaço para participar com vídeos, fotos ou depoimentos