O homem filmado agredindo uma mulher com vários socos no rosto, em Ilhéus, sul da Bahia, se apresentou, com o advogado, à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), na tarde desta quinta-feira (15).

Depois de ser ouvido, Carlos Samuel Freitas Costa Filho, saiu da delegacia pela porta da frente.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu a prisão preventiva dele, depois de analisar o histórico da prática de crimes de violência doméstica, ameaça e cárcere privado cometidos contra mulheres.

Segundo o órgão, o pedido da prisão se fundamentou “na necessidade de resguardar a ordem pública, considerando-se a gravidade da conduta concreta (exacerbada violência empregada) e a condição reincidente do autor do fato”.

O acusado divulgou uma nota falando que o vídeo em que aparece dando ao menos nove socos no rosto de uma mulher, no centro da cidade, gravado há quatro meses. “Sou um jovem trabalhador, sem envolvimento com prática criminosa. Apesar dos fatos, estou arrependido do que fiz e pronto para sofrer as reprimendas judiciais, conforme se prevê a lei”, escreveu.

O acusado disse que ele e a vítima mantinham uma “relação muito conturbada, eivada de inúmeros casos de ciúme doentio, diversas agressões físicas e morais”. Ele escreveu ainda que, no dia em que deu nove socos no rosto da vítima, estava bêbado, voltando de uma festa, e que as agressões aconteceram porque ele “perdeu a cabeça”.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com