A cabeça foi localizada numa propriedade rural nas proximidades de Lajedão.

O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (01/09) na Rua Frei Arnaldo Beles, no Bairro Brasília, em Ibirapuã.

João Ferreira Félix (19 anos) foi morto em casa, com disparos de arma de fogo (do tipo pistola). As circunstâncias e o modus operandi foram de extrema violência.

Os bandidos não só tiraram a vida, quanto fizeram questão de retirar do corpo a cabeça e levaram para distante do local do crime, abandonada durante a fuga.

A população ficou assustada. O ato praticado em Ibirapuã, no entanto, não atenta apenas às leis, mas afronta as autoridades e impõe medo na sociedade.

Matar alguém é algo que ocorre desde o início dos tempos antigos. Na Bíblia Sagrada, por exemplo, no livro de Gênesis, há a passagem de um irmão que tira a vida do outro (Caim matou Abel), filhos de Adão e Eva.

A vida é o bem maior de uma pessoa e quando alguém é morto é grande a reprovação social. O crime cometido, no entanto, não se resumiu à tirar a vida de alguém, mas foi cometido de forma violenta e assustadora, com a degola e decapitação, ato que aumenta a necessidade de uma resposta rápida das autoridades policiais.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com