Ministério Público Federal (MPF) e Procurador Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC)

Ministério Público Federal e Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão integram uma força tarefa presente no extremo sul do estado da Bahia.

Reuniões estão sendo coordenadas pelo Procurador Federal dos Direitos dos Cidadãos, Dr. Carlos Alberto Vilhena, e o Procurador Federal, Luiz Paulo Paciornik (do Departamento de Conflitos Agrários do Ministério Público Federal – MPF).

Carlos Alberto Vilhena (Procurador Federal dos Direitos do Cidadão)

Segundo o procurador, Dr. Vilhena, “o objetivo dessa iniciativa é mediar a solução dos conflitos sociais entre assentados e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)”, disse.

A titulação das áreas se tornou razão de violência entre o movimento e assentados, com registro de violência.

Audiência com famílias de seis assentamentos dos municípios de Prado e Mucuri

Nesta segunda-feira (21) foram ouvidos o INCRA, Polícia Federal e assentados expulsos das áreas de reforma agrária de seis assentamentos, localizados nos municípios de Mucuri (Paulo Freire, Lagoa Bonita, Jequitibá e Fazenda Esperança) e Prado (Jaci Rocha e Rosa do Prado).

Cerca de quarenta posseiros participaram da sessão, apresentando relatos de ocorrências envolvendo eles e o MST.

Para esta terça-feira (23) está agendada uma visita em dois assentamentos.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com