A partir do dia 1º de julho podem reabrir as portas os hotéis, pousadas, agências de turismo, pensões e casas de hospedagens, desde que adotem medidas necessárias para evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus.

Disponibilidade de álcool 70%, uso de máscara e distanciamento mínimo entre as pessoas, procedimentos iguais aos já exigidos de outros estabelecimentos comerciais autorizados ao funcionamento.

Pousada fehada em cumprimento ao decreto municipal de quarentena do corona vírus em Prado

O setor turístico já enfrentava dificuldade para superar a crise na economia brasileira. A chegada da pandemia fechou tudo. Empresários passaram a contabilizar os prejuízos e uma série de contas para pagar.

A reabertura do turismo é esperada com muita ansiedade por quem vive diretamente do setor e por todos os outros impactados indiretamente pela atividade.

Passeios turísticos vão depender de regulamentação dos protocolos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Ministério do Turismo (MTur) e Secretária Municipal de Turismo.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com