Hospital Municipal do Prado

A morte de José Domingos dos Santos (conhecido como ‘Saboeiro’) causou um alvoroço nos municípios do Prado e de Alcobaça, ambos localizados no extremo sul do estado da Bahia.

.

Material genético recolhido e encaminhado ao Laboratório Central (LACEN/BA), em Salvador, divulgado nesta sexta-feira (01/05), descartou a presença do Coronavírus SARS-CoV2, num alívio para os moradores de Prado, onde ocorreu o falecimento, e de Alcobaça, onde foi enterrado.

O local do sepultamento, diferente, ao do óbito, ocorreu em razão do aposentado ter sido um dos fundadores do Assentamento 40/45, localizado no município alcobacense, onde ele nasceu.

Resultado Lacen com amostra de Jose Domingos dos Santos

O CASO – Segundo a família, o aposentado passou bem no domingo (26). No dia seguinte, perceberam que ele não abria mais os olhos. Só respirava. Levado às pressas para o Hospital Municipal do Prado, morreu horas depois.

O quadro de saúde agravado e os sintomas que poderiam ser da COVID-19, a morte do aposentado de 86 anos colocou a população em pânico.

O paciente chegou, recentemente, de São Paulo, estado com o maior número de caso de pessoas contaminadas, com mais de 2 mil mortos, em razão da doença causada pelo novo coronavírus.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com