O município adotou rígida política de enfrentamento ao coronavírus (COVID-19). Talvez por isso, ainda não há casos confirmados da doença em nenhum paciente alcobacense.

Com o surgimento dos primeiros casos no estado da Bahia, sobretudo, em Prado, cidade vizinha, o Prefeito de Alcobaça, Léo Brito, determinou várias medidas evitando a aglomeração e a circulação de pessoas.

As praias foram proibidas para o banho e atividades físicas. Somente serviços essenciais foram permitidos a continuidade de funcionamento.

Na entrada da cidade, uma barreira sanitária tem controlado o fluxo de entrada e saída de pessoas, aferindo as condições físicas de quem transita pelo município.

Essas medidas estão válidas por meio do Decreto Municipal N.º 733/2020, estabelecendo a situação de emergência de saúde pública no município, em razão da pandemia da doença infecciosa viral respiratória (COVID-19), causada pelo novo coronavírus.

Para o Prefeito Léo Brito, “as medidas adotadas contribuíram para a proteção de toda a população, ao considerar que o município não suporta a sobrecarga no sistema da cidade, que não apresenta suporte necessário para salvar a vida se todos ficarem doentes ao mesmo tempo”, explicou. tem estrutura para suportar vários casos da doença.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com