Fonte da imagem: Anatel

Em quase todo o Brasil, o ano de 2020 começou com muitas chuvas e inundações. Nas zonas mais periféricas ou menos atendidas pelo poder público o risco de desastres cresce em essas épocas do ano, o que traz muita preocupação para todos.

Agora já é possível emitir os alertas de desastres durante a programação da TV por assinatura de todo o país, além dos antigos métodos, como o envio de mensagens de SMS para os cidadãos. O projeto de alertas de desastres por TV por assinatura é coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em conjunto com as prestadoras de TV por assinatura e os órgãos vinculados à Defesa Civil, representados pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).

Objetivos do Projeto
O projeto tem como objetivo complementar e auxiliar as ações dos órgãos de Defesa Civil na prevenção e mitigação dos impactos ocasionados por desastres naturais, alertando os cidadãos que estejam em localidades de risco.

Como funciona?
As operadoras de TV por assinatura serão responsáveis por veicular os alertas, sendo responsabilidade dos órgãos de Defesa Civil, emitir o aviso já que dispõem de informações como estudos meteorológicos, geológicos e sismológicos.

Os avisos aparecerão na tela do cliente de TV por assinatura como um pop-up (imagem sobreposta), durante 10 segundos, com a mensagem: “DEFESA CIVIL: agora os ALERTAS de RISCO estão na sua TV. Fique ligado!” e não se pode bloquear o recebimento desses alertas. Atualmente as operadoras participantes são Sky, Oi, Vivo, Claro (NET) e NossaTV.

Para mais informações sobre os alertas de desastres: https://bit.ly/2EAAgF2
Fonte: Podecomparar

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com