Estudantes do Colégio Leon Feffer I – Centro Educacional Casa do Estudante, em Itabatã, conquistaram o Torneio Brasil de Robótica (TBR) 2019 que, além de ofertar uma modalidade própria de evento de cunho educativo-científico-tecnológico, prepara crianças, jovens e adultos para atuarem de diferentes modos na pluralidade de torneios científicos e tecnológicos. A competição aconteceu nos dias 7 e 8 de dezembro, no Centro Universitário ENIAC, na cidade de Guarulhos (SP). A escola vencedora é mantida pela Suzano, em Mucuri, e administrada pela Casa do Estudante.

O tema central do TBR 2019 é “Água para o Desenvolvimento Sustentável” e o projeto vencedor da categoria Organização e Método foi o “Eletrofloculação: uma proposta de melhoria na qualidade da água em tanques pecuários para bovinos”. É um mecanismo que ajuda a diminuir o desperdício de água em cochos/tanques de gado. “O local em que moramos é uma região criadora de gado e os adolescentes tiveram a ideia de criar algo relacionado à realidade daqui. Isso teve um impacto grande para a premiação”, revela a diretora pedagógica do Colégio Leon Feffer, Luciana Ribeiro Brandão.

A equipe Feffer’s Robots – composta pelos estudantes Diego Santana, Isabel Azevedo, Isadora Queiroz, Isabela Ribeiro, João Henrique Paes, Felipe Batista, Lívia Alves, Maria Luiza Maraboti, Thauan Borges e Wesley Zucoloto – participou da competição na categoria Middle 2, modalidade que reúne jovens com faixa etária entre 12 e 15 anos de idade com o objetivo de despertar seus integrantes ao universo das ciências e das tecnologias, com possibilidades reais de identificar talentos.

Segundo a professora de robótica e mediadora do projeto, Jullianna Ferreira de Melo Vieira, os alunos estão em êxtase, pois todo o esforço deles valeu a pena. “Eles concorreram com escolas de grande tradição nacional e internacional. Mucuri é uma cidade pequena que muitos nem conheciam. Esse reconhecimento é muito bom”, descreve ela.

Para o diretor administrativo da Casa do Estudante, Marcos Alberto dos Santos, os adolescentes se prepararam e a dedicação foi muito grande. “Os pais se envolveram no projeto. Alcançar um êxito desse é muito importante para o desenvolvimento dos estudantes”, destacou Marcos.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com