Grupo da imprensa em visita à fábrica-Mucuri

Apresentar as operações e ações sociais da Suzano à imprensa do Extremo Sul da Bahia. Este foi o objetivo do “Encontro com a Imprensa”, que aconteceu nesta segunda, 11 de novembro, em Mucuri, com um grupo de jornalistas da região. Os profissionais conheceram as instalações da fábrica, em Mucuri, e algumas iniciativas sociais apoiadas pela Suzano, incluindo o Projeto Golfinho e o Programa de Desenvolvimento Rural Territorial (PDRT).

A programação teve início no recém-revitalizado Centro de Manutenção, em Teixeira de Freitas, local que abriga as atividades de manutenção dos equipamentos da Suzano. Na sequência, os representantes da imprensa visitaram o viveiro localizado em Itabatã, onde são produzidas as mudas de eucalipto que a empresa utiliza nos plantios florestais.

Visita ao viveiro de Itabatan

O grupo também visitou a fábrica da Suzano, onde conheceu o processo de produção de celulose e viu como parte dela é transformada nos papéis que são produzidos na unidade, entre os quais os papéis Report e Copimax (utilizados para impressão), Mimmo e Max Pure (papéis higiênicos).

Após visitar a fábrica, os representantes da imprensa conheceram algumas famílias de Mucuri que são participantes do PDRT, programa desenvolvido pela Suzano que promove o desenvolvimento local por meio do fortalecimento das associações comunitárias, focando no apoio às cadeias produtivas a partir da capacitação das comunidades.

O PDRT oferece orientação técnica e apoio no desenvolvimento da agricultura familiar e na organização dos agricultores em associações, buscando ampliar os mercados. Atualmente o PDRT contempla cerca de 1.500 agricultores no sul da Bahia, que também recebem orientação sobre práticas como a agricultura sintrópica, sistema que une, na mesma área, a produção de hortaliças, frutas e madeira, recupera áreas degradadas e protege o meio ambiente

Grupo imprensa manuseia celulose

A visita foi encerrada na sede do Projeto Golfinho, em Mucuri, desenvolvido pela Suzano há 23 anos e que atende crianças em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, a Associação Comunitária Golfinho atende cerca de 380 crianças e jovens com atividades que incluem oficinas de balé, de bordado, de informática, arte em papel, reforço escolar, capoeira, percussão e educação física.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com