Praias limpas e lindas

Caravelas está localizada no litoral brasileiro, no extremo sul da Bahia e, há vários dias vem montando estratégias para atuar nos impactos da mancha de óleo.

Com a aproximação do material, a Prefeitura de Caravelas, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, articulou a atuação de vários agentes de proteção do meio ambiente, capacitou funcionários da limpeza pública e conseguiu, junto à Suzano S/A,  uma rede de contenção de água, com 250 metros de extensão e o monitoramento das praias, inclusive, com a ajuda de um drone.

A soma dessas ações diminuiu os impactos do avanço das manchas de óleo em áreas de manguezais e de afluentes do Rio Caravelas.

Segundo levantamento do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) foram contabilizadas 321 áreas, em 125 municípios litorâneos afetados pelas manchas, com a retirada de aproximadamente, 4.200 toneladas de resíduos de óleo.

Até o final desta segunda-feira, dia 04, a quantidade de material retirado das praias caravelenses não ultrapassou os  50 quilos. O material recolhido está sendo triado no ponto de apoio da Praia do Grauçá, na Barra de Caravelas, e na HM Engenharia Costeira e Portuária.

Na tenda montada na Praia do Grauçá estão disponíveis, dentre outras coisas, vários EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) para voluntários, informações e orientações de como atuar no caso de localização da mancha.

De acordo com a Secretária de Meio Ambiente de Caravelas, Edinéia França, “o litoral do município está sendo monitorado em regime de plantão 24 horas, por equipes coordenadas pela Prefeitura de Caravelas, afim de garantir praias limpas para banhistas e mar em condições de trabalho dos pescadores”, disse.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com