O evento começou no último sábado (12), com programação de shows e encontros de vários grupos musicais ao longo de uma semana inteira de muitas atrações.

O 3º Festival de Música está sendo realizado pelo Dona Flora (na coordenação do professor e maestro, José Fonseca) e Prefeitura de Alcobaça.

O tema deste ano traz o samba, como raiz brasileira da música. Na grade de apresentações, noite da serenata, Concerto Paz e Bem, Concerto Núcleo São José, Concerto de Sons Regionais. Nesta quinta-feira (17), os frequentadores da Praça da Caixa D’Água puderam assistir às apresentações dos músicos no Encontro de Percussionistas e Noite de Chorinho.

Professor e maestro, José Fonseca (coordenador do Projeto Dona Flora)

Nesta sexta-feira (18) ainda tem festa clássica, com a Orquestra Sinfônica Dona Flora, Camerata do ICED (Instituto de Cultura, Educação e Desenvolvimento). No sábado (19), o desfile de filarmônica (Filarmônica Lira São Bernardo, Filarmônica Amigas Música e Filarmônica Dona Flora) e o encerramento com a Orquestra Acadêmica do Dona Flora e Orquestra Sinfônica Dona Flora.

O 3º Festival de Música Instrumental de Alcobaça conta com a participação de filarmônicas de várias cidades do extremo sul baiano, encontros de músicos, além de promover oficinas na sede do Dona Flora, projeto que atua em Alcobaça desde 2007, contribuindo para a formação intelectual dos jovens de Alcobaça, sobretudo, os mais carentes, em condições de risco e vulnerabilidades sociais.

Presença da população de de Alcobaça no festival

Casa de Cultura, Praça da Caixa D’Água, Casa Paroquial, Escola Ulisses Guimarães (em São José de Alcobaça) e Igreja Matriz São Bernardo são os locais de apresentações, ao longo de toda a programação.

Um dos colaboradores, Naum Galdino, destaca que o evento “surgiu com a ideia de valorização do projeto Dona Flora, divulgação de artistas regionais e atração de turistas para a cidade no período de baixa temporada”, argumenta.

Secretária de Educação de Alcobaça, Anilda França, no evento

Para a Secretária de Educação, Anilda França, o evento ajuda a mostrar o trabalho realizado no município. “O festival tem shows e representa o trabalho de incentivo e de valorização de nossa identidade cultural, fruto de um trabalho desenvolvido com jovens alcobacenses”, destaca.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com