A reunião aconteceu na última terça-feira (10) na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico, em São José, distrito de Alcobaça.

O município foi dividido em 05 (cinco) núcleos territoriais para favorecer a participação do maior número possível de agricultores nas atividades. Núcleo 01 (Aparajú, Rancho Queimado, Arara, Bruno, Aldeia Renascer, Sol Nascente, Zé de Ciro, Vai quem quer). Núcleo 02 (Cotia, Ribeirão, Sombra da Tarde, Campo Verde, Pequi, 40/45). Núcleo 03 (Porto do Campo, Pedra D´Água, São José, Caxangá, São Bernardo, Bom Jesus, Portela). Núcleo 04 (Boa Esperança, Cana Brava, Apaga Fogo, 03 de Agosto, Canta Galo, Ribeirão Grande). Núcleo 5 (Pouso Alegre, Novo Destino, Constelação, Itaitinga, Sossego, Rosinha do Prado).

Cada núcleo terá um representante titular e um suplente para ajudar a Secretaria de Agricultura na coordenação das reuniões de cada núcleo, facilitando o trabalho sobre a produtividade e o beneficiamento da mandioca.

Para o Secretário de Agricultura de Alcobaça, Ademar Botelho, “essa iniciativa vai ajudar na adoção de tecnologias, capazes de contribuir com o aumento da produtividade deste que é um dos principais alimentos da população do estado e também para a melhoria da qualidade do beneficiamento da raiz”, argumenta.

O encontro reuniu agricultores familiares para discutir estratégias de capacitação e aumento da produtividade da mandioca no município, que possui média de produtividade de 14 toneladas por hectare (t/ha), beneficiando o agricultor familiar, sobretudo, com o aumento da renda.

De acordo com Jeilly Vivianne (Engenheira Agrônoma da Polímata/Suzano), “o desafio é superar a meta de 30 t/há, nos próximos 4 anos, implementando uma série de ações para promover o compartilhamento do conhecimento, práticas e resultados no campo”, destaca.

18 associações se fizeram representadas. Presença também do Prefeito Léo Brito e dos secretários municipais, Ademar Botelho (Agricultura e Desenvolvimento Econômico), Jackson Lacerda (Meio Ambiente), Anne Ferraz (Chefe de Gabinete), Vereador Pipi e representantes da Coordenação do PAT Mandiocultura, Araildes Ribeiro (Coordenadora Política Institucional pelo BNB), Jeilly Vivianne (Engenheira Agrônoma da Polímata/Suzano), Marcelo Lemos e Adonias Lima.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

- VOCÊ REPÓRTER - Envie fotos, vídeos e informações sobre o que você viu.
Whatsapp (73) 99989-6889 | Email: primeirojornal@hotmail.com