Ciclone com ventos de mais de 100 km/h deve atingir a região Sul a partir desta terça

O Ministério do Desenvolvimento Regional alertou na noite desta...

Defesa de Doria deve ir ao TSE caso prévias do PSDB não sejam respeitadas

A defesa de João Doria deve recorrer ao Tribunal...

Piloto Bruno Jacob garante 3º lugar em etapa do Mundial de Motosurf Freeride

O piloto baiano de motosurf Bruno Jacob foi...

Criminoso que trafica ‘haxixe’ para classe alta de Salvador é colocado em liberdade

Um traficante que vendia cigarros de haxixe por...

Encontro de Cheganças, Marujadas e Embaixadas da Bahia

Publicado em:

COMPARTILHE ESSE ARTIGO:

O Encontro de Cheganças, Marujadas e Embaixadas da Bahia acontece desde 2013. A sétima edição do movimenta os municípios baianos entre os dias 2, 3 e 4 de agosto.

A iniciativa conta com o apoio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), órgão vinculado à Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA).

Em 2018, a A Associação Chegança dos Marujos Fragata Brasileira realizou um inventário dos grupos existentes na Bahia, percorrendo o estado na busca de informações sobre essas manifestações.

14 municípios foram mapeados (Caravelas, Alcobaça, Prado, Camaçari, Saubara, Jacobina, Taperoá, Cairu, Andaraí, Lençóis, Bom Jesus da Lapa, Sítio do Mato, Paratinga e Curaçá), localizados em 8 territórios de identidade (Extremo Sul, Região Metropolitana de Salvador, Recôncavo, Piemonte da Diamantina, Baixo Sul, Chapada Diamantina, Velho Chico e Sertão de São Francisco).

Neste ano, as manifestações das Cheganças, Marujadas e Embaixadas foram reconhecidas como patrimônio cultural imaterial do estado, sob o Decreto nº 18.905 de 11 de fevereiro, que averba o registro no Livro Especial de Expressões Lúdicas e Artísticas. Esta era uma das principais demandas dos grupos, encaminhadas através da Associação Fragata Brasileira ao IPAC, após a realização do estudo e dossiê.

A sétima edição vem para celebrar a conquista entre os 20 grupos em atividade, dos quais 15 levarão para as ruas de Saubara, no Recôncavo Baiano, todo encanto e valor cultural dessa manifestação. Para os membros dos grupos, receber o título de Patrimônio Imaterial da Bahia é um marco histórico que vislumbra outros horizontes levados pelos seus saberes e fazeres.

PROGRAMAÇÃO
Dia 02 de agosto de 2019
18h – Reunião da Rede de Cheganças, com representantes dos grupos de cheganças da Bahia e comunidade em geral. Local Sede da Chegança Fragata Brasileira.
19h – exibição do documentário sobre o inventário dos grupos de Cheganças, Marujadas e Embaixadas da Bahia.

Dia 03 de agosto de 2019
Local: Galeria Saúva
9h – Reunião entre as lideranças das Cheganças e representantes do Estado.
Mesa 1 – O que é a Patrimonialização e para que serve.
15h – desfile dos grupos Saindo da rua da rocinha
17h – apresentação dos grupos no espaço municipal de evento.

Dia 04 de agosto de 2019
11h – Apresentação do Grupo Chegança Fragata Brasileira na Missa de São Domingos.
Local: Igreja Matriz e ruas da cidade

.

O que você achou desse assunto? Deixa aqui seu comentário

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brejões: Caminhão-tanque tomba na BR-116 e motorista fica preso às ferragens

Um caminhão-tanque tombou, na manhã desta segunda-feira (16), na altura do Km 577 da Rodovia Santos Dumont (BR-116), no trecho do município de Brejões,...

Rodrigo Chagas valoriza intensidade aplicada pelo Jacuipense diante do Santa Cruz

Após a vitória por 2 a 0 diante do Santa Cruz (relembre aqui), o técnico Rodrigo Chagas, do Jacuipense, valorizou a intensidade aplicada por...

Paulo Afonso: Homem morre após golpe de companheira; mulher alega legítima defesa

Um homem foi morto com um golpe de faca em Paulo Afonso, na divisa com Sergipe e Alagoas. Conforme a Polícia Civil local, Clécio...